5 erros graves que encontramos em Batman vs Superman: A Origem da Justiça

Você pode até ser fã, mas vai concordar que corrigindo esses cinco erros graves o filme teria sido muito melhor.

Que Batman vs Superman não agradou a todos é fato. E era esperado! Nem mesmo a Marvel consegue (cof cof cof).

A plateia se dividiu entre os que amaram e os que odiaram e, naturalmente, cada um teve sua leitura. O filme tem alguns defeitos e muitas qualidades. E não estamos aqui para dizer se é bom ou deixa de ser. Isso cabe a cada um que assistir.

Mas, francamente, podemos apontar onde o filme poderia ter sido melhor. Tipo, MUITO MELHOR!

Cuidado com SPOILERS.

Muitos vídeos promocionais!

Assim como em uma série, o que faz um filme ser bom são as surpresas! Batman Vs Superman foi muito bem em sua campanha de marketing. Mas talvez o bombardeio de vídeos e peças promocionais anterior à estreia tenha revelado demais.

Ainda que por muito tempo conseguiram segurar informações preciosas, como a de que Apocalypse seria um dos vilões do filme. Mas logo saía um trailer, sneak peek, promo, teaser, teaser-trailer ou qualquer outro nome gringo que possam dar a um vídeo, e a peça fatalmente entregava demais. As vezes “menos é mais”, com certeza.

Mulher Maravilha deveria ter sido um segredo absoluto.

Esperamos há anos pela participação da Mulher Maravilha nos cinemas e quando ela finalmente aparece, é realmente espetacular. Agora imagine que você não soubesse da participação da heroína no filme.

Imagine que você vê aquela mulher enigmática e começa a desconfiar. Imagine sua cara quando ela sai do avião e a aeromoça diz “Miss Prince!”. Imagine seu queixo caindo, você levantando da cadeira e batendo palmas vagarosamente quando ela entra com seu escudo na frente do Batman para defendê-lo de um ataque do Apocalypse.

Fale se não seria incrível descobrir tudo isso apenas quando você estivesse assistindo ao filme do Batman e do Superman. Tenho certeza que você concorda: essa teria sido a maior surpresa do ano no cinema.

Se preocuparam demais em preparar terreno para outros filmes, ao invés de contar a história deste filme.

A DC quer correr atrás do tempo perdido e criar um universo cinematográfico que deixe os fãs curiosos. Louvável! Mas, infelizmente, nesta a Marvel saiu na frente e usou recursos fantásticos, como as cenas pós-créditos. Para a DC, fazer isso seria um tanto vergonhoso — tanto que não o fez. Para compensar, encheu o longa com mini-cenas do que está por vir, minando a história de Batman vs Superman.

Amamos nossos super-heróis e foi muito legal ver um pouco do que a DC está planejando. Mas se pensarmos na narrativa e nas técnicas de se contar uma história, isso atrapalhou SIM. Tirou agilidade e velocidade, criou expectativa que não foi concluída neste longa. Em cinema, a partir do momento que você levanta a bola, é preciso cortar. Mostraram um por um dos heróis da Liga, e deixaram tudo para os próximos filmes. Fuééém…

Por isso que o recurso da cena pós-crédito é sensacional. Você já viu ao filme e aceita aquela cena como um brinde. 😉

Havia um belo gancho para Aquaman já entrar com tudo neste filme! Mas perderam…

Considerando a questão anterior, é preciso dizer que um momento foi muito mal aproveitado e poderia adiantar a coisa toda: da mesma maneira que seria sensacional ver a Mulher Maravilha sem saber que ela participaria do filme, imagine ver o Aquaman! E o pior é que cabia.

Lembra quando Lois Lane joga a lança de kriptonita num cômodo alagado? Depois ela tenta recuperar, mas acaba presa embaixo d’água? Superman estava mais do que ocupado lutando contra Apocalypse, mas ele parou tudo para salvar sua amada. Isso poderia ter sido cortado. Até por que é um esforço tremendo para o Superman conseguir pegar uma lança de Kriptonita no fundo de um poço. Aquela é a única coisa que pode enfraquecer o cara!!!

Ele poderia ter sido poupado e gastado toda sua energia atacando Apocalypse, após receber as lanças da mão de Aquaman em uma cena triunfal!

Isso mesmo, nosso herói aquático poderia ter surgido, ajudado Lois Lane a reconquistar a lança, e tirá-la dos escombros, jogando a arma para o capitão do time. Isso é o que eu chamo de A Origem da Justiça!

Lex Luthor ou Coringa (ou Charada)?

Desde nossa crítica, lançada na semana passada, comentamos que o Lex Luthor de Jesse Eisenberg estava mais do que exagerado. A maioria da crítica especialista em cinema e quadrinhos conseguiu identificar que aquele não é o personagem que conhecemos nos quadrinhos. Sabemos que Jesse é um ótimo ator, mas ali faltou humildade e sobrou trejeitos. Fica difícil a imersão em uma história com tremendo ruído.

E aí, o que você acha? Deixe seu comentário ali embaixo. 😉

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!