8 episódios divertidos de Supernatural

Criada por Erik Kripke, Supernatural retrata dois irmãos andando em um Impala ’67 pelos EUA lutando contra criaturas da noite, demônios, fantasmas, seres mitológicos, folclóricos, deuses, anjos e o que mais der na cabeça dos roteiristas. Foi criado para ser um western moderno, e foi assim durante 5 temporadas, com referências a clássicos da literatura como On the Road (sério!), filmes Spaghetti Western dos anos 50, como os de John Wayne (eu juro!) e clássicos da televisão americana como Knight Riders e The Dukes of Hazzard. Último show remanescente da extinta The WB, ele agora é transmitido pela famigerada The CW , já conta com 9 temporadas de muito sangue, mortes, pactos demoníacos, gente com alma e sem alma, possuídos, mortos, ressuscitados, mortos de novo e bobeira, muita bobeira!

Como boa parte dos fãs sabe, parte da diversão na série são os episódios que fogem da mitologia e se concentram em simplesmente divertir. Bem escassos nas primeiras temporadas, com o tempo os produtores viram o grande potencial de fazer graça que o show oferecia, especialmente na pele de Dean (Jensen Ackles) que pode não ser um bom ator dramático (não é) mas faz rir com extrema facilidade.

Falaremos então sobre os 8 episódios essencialmente divertidos de Supernatural, aqueles que encabeçam o show não se levando a sério e divertindo a legião de fãs dele e na semana que vem sobre os 10 episódios essenciais da mitologia da série, combinado?

Ghostfacers — 3×13

Quando investigam uma casa assombrada, Sam e Dean se deparam com uma dupla já conhecida de “caçadores do oculto” (eles apareceram na primeira tentativa de fazer um episódio engraçado, Hell House — 1×17, mas que nem é tão engraçado assim) e sua equipe gravando o piloto de um programa de T.V que busca desvendar o sobrenatural, chamado Ghostfacers! Claro que eventualmente o que parece ser uma brincadeira inofensiva fica bem perigosa, e o “eco da morte” que assola o lugar, junto com fantasmas que realmente assombram a casa fazem com que a “equipe” se arrependa da gravação. No fim, toda a gravação de acontecimentos sobrenaturais é apagada pelos Wintchester.

Porque é divertido: Porque todos nós já vimos programas semelhantes a esse no Discovery Channel ou em uma das matérias do Fantástico #PadreKevedoFeelings. A importancia desse episódio, enquanto “engraçadinho”, é que ele foi o primeiro. Sem muita relação com a mitologia ou a mote do terceiro ano (salvar a alma de Dean do pacto que ele fez), foi um episódio cômico e feito só pra divertir. Só a abertura “We face the faceless (?!?)” do programa já vale o episódio.

The monster in the end of this book -4X18

Investigando uma banca de gibis assombrada, Sam e Dean descobrem um livro chamado… wait for it… Supernatural! E vocês não vão descobrir a mote do livro nunca! Vocês acreditam que ele relata a história de dois caçadores de demônios, Sam e Dean, e suas peripécias para destruir todo tipo de criaturas sobrenaturais? Aonde vocês já viram isso? Eles ainda são confundidos com pessoas personificando os personagens do livro, tipo um rpg… rastreando o autor do livro eles conhecem Chuck (Rob Benedict) o profeta que escreve o “evangélio” dos Wintchester. Quando Lilith põe a vida dele em risco, um arcanjo responsável por protegê-lo se manifesta, afastando a demônio.

Porque é divertido: A metalinguagem da série foi inaugurada aqui. Os irmãos Wintchester encontram pessoas que leem todas as suas histórias como se fossem ficção e, bom… a história deles é ficção (eu acho). Chuck se tornaria um personagem interessante e revelaria parte dos planos de Lilith, a grande vilã da temporada. Mas o bom do episódio mesmo é quando eles veem a reação do público e fan fiction das história deles com Dean-girls, Sam-girls, e o impensável… Dean/Sam… o que seria isso? Vejam no clipe abaixo:

Fallen Idols- 5×05

Depois de um tempo brigados, Sam e Dean estão em Canton, Ohio, para investigar mortes estranhas na região. Um carro semelhante ao de James Dean é comprado por um habitante que morre como o ídolo e um estranho assassinato é cometido por Lincoln! Os irmãos terminam num museu de cera onde são atacados por Ghandi e Paris Hilton antes de descobrir que tudo era obra de um deus pagão do leste europeu.

Porque é divertido: Toda essa bobagem de lutar contra gente famosa da realidade sempre é engraçado, mas quando Paris Hilton começa a bater neles tudo fica muito melhor. Fora piadas com o filme “A casa de cera” estrelados por Jared e a própria Paris, aonde Dean responde: “Nunca assisti!” Se toda a bobagem não for suficiente, se emocione com a decapitação da Paris, que sempre é muito bacana de se assistir:

Changing Channels — 5X08

Um assassinato cometido em Ohio chama a atenção dos caçadores por um motivo simples: foi cometido pelo Incrível Hulk! A história em si é sensacional porque mostra que o monstro Trickster, um antigo adversário dos caçadores, que eles acreditavam ser um semi-deus era na verdade o arcanjo Gabriel tentando fazer com que Sam e Dean aceitassem se tornar os receptáculos de Lúcifer e Michael e começar o apocalipse de uma vez. Ei, esse episódio parece pouco engraçado e muito mitológico, certo?

Porque é divertido: Errado! O Trickster já havia aparecido antes mas agora ele resolve aloprar de vez prendendo os Wintchesters no mundo da televisão. São citados programas como Grey’s Anatomy e CSI, programas japoneses com muitas cores e efeitos especiais aparecendo ao mesmo tempo, propagandas de DST’s e muitos outros aspectos do mundo da televisão! Esse não é o episódio mais engraçado de Supernatural, apenas, esse é um dos episódios mais engraçados da televisão! POR FAVOR VEJAM O VIDEO ABAIXO com as risadas de auditório e as piadas rápidas de sitcoms e a abertura estilo anos 80… tão sensacional!

The French Mistake — 6X15

Balthazar dá a Sam uma chave e envia os irmãos para outra realidade. Ali, eles são atores chamados Jensen Ackles e Jared Padalecki (~ vocês vejam só!~) de um programa de televisão cujo nome é…. Supernatural (orealy?!). Eles não se suportam e vivem brigados. Castiel é conhecido aqui por Misha Collins, é viciado em Twitter e termina morto, pobre coitado. Sam (ou Jared?) é casado com Genevieve Padalecki que não é outra senão a demônio Ruby… mas aqui ela não é demônio e sim, uma ex-atriz do show. No fim, eles retornam para o universo certo (ou errado?) e descobrem que tudo não passava de um plano para distrair o arcanjo Raphael e roubar as Armas dos Céus de volta.

Porque é divertido: Estamos confusos… o que é verdade e o que é mentira agora? Is this real life? Eles fizeram um episódio inteiro onde os atores eram personagens que interpretavam os atores que interpretam os personagens da série#Error404. Difícil, né? Bônus para a malandragem de trazer de volta Genevieve, que viveu a segunda versão da demônio Ruby, que atazanou os heróis dentro da série e realmente casou com Jared Padalecki fora dela. Mas o Misha Collins( ou Castiel, ou Misha Collins, ou #Loopeterno) todo feliz por se sentir incluso falando no twitter com seus “MishAMIGOS” é de cair o c# da b#nd4! Vejam abaixo:

My Heart Will Go On — 6×17

Esse é o episódio que marcou a sexta temporada. Sabem porque? Bom, porque ele é ruim. CÔMICO, mas ruim. Mas ruim como, vocês perguntam? Balthazar, o anjo que roubou coisas do céu e fugiu para a terra decide mudar o passado, salvando o Titanic e as vidas nele contidas do terrível acidente com o Iceberg. Porque? Porque ele odeia o filme de James Camerom e a música tema de Celine Dion. (na verdade, depois se descobre que com as vidas salvas, novas almas nasceram e seriam usadas como combustível do seu lado na guerra que estava por vir, mas mesmo assim… urght.) Atropos — uma das irmãs do destino da mitologia greco romana — aparece e começa a matar os descendentes dos sobreviventes do Titanic que fugiram ao seu destino. Se esse episódio tem um ponto positivo é mostrar a volta de Ellen, morta na temporada anterior e casada com Bobby. Vê-lo perdê-la novamente foi bem triste.

Porque é divertido: Como tudo na sexta temporada, esse episódio patinou na linha tênue entre divertido e simplesmente imbecil. Mas sejamos honestos, quem não tem vontade de cometer assassinatos ao ver Leonardo Di Caprio gritando que “É O REI DO MUNDO”. Acho que Balthazar deveria ter matado todos os envolvidos no filme. Seria melhor.

Hunteri Heroici — 8X08

Mortes cartunescas estão assolando Oklahoma! Um homem apaixonado vê seu coração saltar do peito, literalmente, quando encontra a amada! Bancos são assaltados com “buracos portáteis”, pessoas param em pleno ar… e se olharem para baixo elas caem! Tudo isso é obra de um senhor de idade, com poderes extraordinários, morando em um asilo e sendo manipulado por um médico inescrupuloso. Cabe aos Witchester e Castiel, que agora é um caçador em tempo integral, convencer o velhinho a sair do mundo de sonhos que esta aprisionado e voltar a realidade.

Porque é divertido: Sem dúvida um dos episódios mais bobos da série! Se você cresceu assistindo Looney Tunes vai se divertir muito vendo gente sendo esmagada por bigornas! Pense em Dean no mundo de Papaléguas (BI-BI)e Coiote Coyo e chore com a cena abaixo:

Dog Dean Afternoon — 9X05

Um shamã com câncer resolve utilizar as habilidades dos animais para achar uma cura para sua condição, cometendo terríveis crimes no processo. Investigando isso, Dean usa um feitiço para se comunicar com animais e, mais especificamente, com The Colonel, um cachorro que presenciou alguns dos crimes. Sob efeito da magia ele passa a agir como…. um cão.

Porque é divertido: Jensen Ackles se despe de qualquer senso de ridículo ou pudor e corre atrás de carteiros, late e faz tudo que um cachorro faria no seu lugar. É Supernatural não se levando a sério com primor! Mais uma vez, falem o que quiser de suas capacidades interpretativas mas o cara tem muito senso de humor e ri como ninguém de si mesmo! Vejam ele apaixonado por uma cachorrinha Poodle sensualizando sem ser vulgar:

Esses foram os selecionados! Concorda? Lembra de algum mais engraçado? Comente abaixo!

E entre os mitológicos? Demônio dos olhos amarelos? Primeira aparição da Colt? Morte do pai dos Wintchester? Dean no inferno? Temos que selecionar 10 episódios para semana que vem! Deixem suas sugestões abaixo!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER