American Gods: o que esperar da 2ª temporada

É tempo de guerra! Após dois anos de espera, a segunda temporada de American Gods retorna com várias novidades.

American Gods teve um caminho complicado até a segunda temporada, que estreia no próximo domingo (10). Primeiro, Bryan Fuller e Michael Green deixaram a produção por discordâncias com o estúdio em relação ao orçamento da série. Em consequência, Gillian Anderson e Kristin Chenoweth saíram do elenco.

Neil Gaiman assumiu uma posição mais ativa, uma vez que não estava satisfeito com a direção de Fuller e Green, e escolheu Jesse Alexander para ser o novo showrunner. Mais desencontros, e mais uma baixa: Alexander logo desistiu do papel, e o escritor assumiu o comando. Até poucos meses, a segunda temporada era uma grande incerteza.

A grande preocupação era como o show, que exibiu uma grande beleza visual na primeira temporada, ia se manter com os cortes de orçamento. Com a liberação do primeiro trailer, o alívio: American Gods continua, pelo menos esteticamente, uma série muito atraente.

A guerra entre os Novos e Antigos deuses promete mais um capítulo emocionante, com a apresentação da Casa na Rocha, uma das narrativas mais interessantes e reveladoras do livro do qual a série originou – e esta é apenas uma das novidades da nova temporada.

Retorno ao material de origem

Quem conhecia o romance Deuses Americanos antes da série, deve ter estranhado a falta de alguns elementos do livro. Por conta da participação ativa de Neil Gaiman na produção dos novos episódios, a segunda temporada será um pouco mais fiel ao material de origem. Deverá, por exemplo, aprofundar a relação de Shadow Moon (Ricky Whittle) com Laura, e a de Laura com Mad Sweeney.

As mudanças não afetarão o que a série desenvolveu no seu primeiro ano. Sobre Laura e Sweeney, e a forma cômica como os dois se relacionavam será mantida, a medida que a dupla se dirige para Nova Orleans investigar sobre a imortalidade da moça.

Mudanças no elenco

Com a saída de Gillian Anderson, uma nova atriz foi escalada para interpretar Media, a deusa da televisão e mídia. Kahyun Kim (Ally & Austin) assumirá o papel, e já pode ser vista nas prévias da segunda temporada. Já Easter, a deusa da primavera interpretada por Kristin Chenoweth, não será vista na segunda temporada. De fato, nenhuma atriz foi apontada como substituta para o papel, mas dado a importância que a divindade tem no livro, caso a série continue, precisará de uma intérprete em breve.

Outra adição ao elenco é a atriz Sakina Jaffrey (The Mindy Project e House of Cards), que dará vida a Mama-Ji, a deusa hindu do tempo e da criação.

Laura Moon em um novo caminho

A ligação maior de Laura (Emily Browning) é, de fato, com Shadow Moon, mas na segunda temporada ela terá os seus próprios desafios. No final do primeiro ano, a moça encontra com o marido, seu objetivo desde que voltou a viver, mas nos novos episódios vai questionar se é isso mesmo que ela quer. A partir disso, Laura buscará por um novo propósito.

Um pouco do passado de Mad Sweeney e Mr. Wednesday

O sétimo episódio da nova temporada será dedicado inteiramente a Mad Sweeney, personagem interpretado por Pablo Schreiber. Será uma viagem no tempo para mais de 6 mil anos, onde veremos como o culto ao Leprechaun se desenvolveu na mitologia nórdica. O grande detalhe é que, diferente da proposta desta temporada, esse episódio será quase que um conteúdo exclusivo, ou seja, não foi contado no livro (embora seja um material que Neil Gaiman sempre quis inserir no romance).

Em outro episódio, Mr. Wednesday (Ian McShane) contará uma história – que pode ou não ser verdade – que irá nos levar para a década de 30. Na narrativa, ele contará como administrava um bar burlesco, e ainda detalhará a morte do seu filho, Thor. Além disso, conheceremos uma versão antiga do Technical Boy, o Telehone Boy.

Bilquis e Mr. Nancy terão mais tempo juntos

O ofício de Mr. Nancy (Orlando Jones) não tem mais a mesma importância na nova sociedade, e por isso a personificação de Anansi anseia tanto pela guerra: ele quer novas histórias para contar. Como ele disse a Wednesday no final da primeira temporada, uma guerra só acontece com uma rainha, e esta será Bilquis (Yetide Badaki). A divindade da mitologia africana, então, se aproxima da deusa africana e isso renderá algum tempo juntos, conhecendo-a e desvendando seus desejos.

Essa temporada promete, hein! Os novos episódios estreiam no dia 10 de março, mas você pode rever toda a primeira temporada pelo serviço de streaming Amazon Prime Video, e relembrar onde a série parou. Confira abaixo o trailer do segundo ano de American Gods.

Sobre o Autor

Avatar

Leo Sousa

Séries de TV, filmes, realities shows, livros, música e mais. Editor no boxpop.com.br.

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER