Arrow 2×20 — Seeing Red

Se falar a verdade fosse tão simples para mim, nós não estaríamos nessa situação. Mas, para começar… Há algo sobre Malcom Merlyn que você [Thea] e Oliver precisam saber: Malcom Mer…” — QUEEN, Moira.

O que foi aquilo?

Mas antes de comentar “aquilo” preciso obrigatoriamente falar de todo o enredo envolvendo Roy, Sarah e Oliver. Roy está completamente fora do controle, e apesar de parecer ter ciência disso, não consegue mudar o quadro.

O fato é que o mirakuru está fazendo a festa do organismo do cara, e o fez até matar inocentes. O fez querer matar Thea. Vendo todos esses efeitos colaterais tanto no Roy quanto no Slade, imagino a teoria de que essa substância eleva todos os sentimentos ruins e frustrações de quem a possui. Slade vê Shado dizendo-o para matar Oliver e Sarah. Roy viu Thea evidenciando sua frustração com o rompimento do namoro e o fato de ter sido “deixado” sozinho.

O grande detalhe desse episódio, diferente de quase todos os outros anteriores, foi o conflito entre os bonzinhos. Sarah via a situação completamente diferente de Oliver, e isso gerou um conflito de interesses que acabou separando-os. Pela segunda vez.

arrow 2x20 1

Dentre os destaques do episódio, que foram Oliver, Roy, Sarah, Thea e Moira, Thea foi a única que não teve que olhar para si mesma e questionar suas ações. Sarah com a questão dever ou não matar. Ela disse que o que a impediu de matar Roy foi Oliver, mas Roy tava apertando a garganta de Thea. Aquela hesitação em matar o rapaz não foi gratuita ou um simples jogo de direção; Roy estava completamente cego. Agiu impulsivamente durante todo o episódio e provou mais uma vez que ter o mirakuru em seu sistema não é a melhor maneira possível de se tornar o parceiro do Arqueiro Verde daqui para frente; Oliver mais uma vez se viu diante de uma situação que ele já viveu, mas que desta vez pretende mudar o final. Em diálogos com Felicity, fez toda uma analogia sobre esperança, e quer acreditar que com Roy será diferente. Será?

E Moira. Ah, Moira…

Sempre naquela eterna questão, que por mais que sempre a escolha seja a mesma, a pergunta volta a se repetir de novo, e de novo, e de novo… Seus interesses pessoais e aquisitivos ou a família? Qual é a prioridade, Moira?

Antes de escolher o certo, a vida lhe enche de tentações e faz com que o caminho até a escolha certa seja prazeroso, mas acarretado de dor. Ser prefeita ou ser mãe? Mas no fim das contas, que importância tem? Meia hora depois ela acabou fazendo a sua escolha final.

Os flashbacks focaram no que Moira tentou ser para seus filhos, especificamente Oliver. Fez o que achou certo em relação ao suposto filho de Oliver, e felizmente conseguiu fazer isso sem sujar as mãos de sangue, o que é notável, levando em consideração a Moira de sete anos atrás.

Mas ali, diante da espada e a cruz (ou sendo a espada ou a cruz, se preferir), ela acabou tomando o controle da situação da qual ela não tinha controle e se sacrificou por seus dois filhos. A cena foi quase perfeita e deu um toque muito mais sombrio do que tudo que a série já apresentou até ali. Até mesmo Stephen Amell foi impecável. Slade acabou matando Moira mais ao estilo Exterminador que ao estilo Anthony Ivo. O golpe com a espada foi surpreendente, e quem não teve o coração acelerado naquele momento?

arrow 2x20 2

A recriação do cenário da morte de Shado era algo previsível, mas a forma que foi feita foi surpreendente demais. Moira acabou não falando que Malcom Merlyn ainda está vivo, mas segundos antes de sua morte, assimilou que Slade esteve na ilha com Oliver. Creio ter sido mais uma jogada de roteiro para envolver mais Thea na situação, do que simplesmente fazer Moira ter ciência desse fato. Afinal, que diferença faria, já que morreria dez segundos depois?

Como o próprio Slade disse, ele está matando o Oliver Queen, mas aos poucos. A cada episódio um novo passo é dado. Como bem apontado (e acredito eu que trata-se de um blefe de roteiro), ainda há mais uma morte a acontecer. Meu palpite seria em Laurel, mas duvido muito que a personagem seja dispensada agora, então minhas apostas vão à Sarah. Nos termos de Slade Wilson, quem melhor se encaixaria nessa morte se não Sarah?

Foi interessante também descobrir que Moira sabia o segredo de Oliver. E como já comentei em críticas anteriores, Stephen Amell não é muito bom em expressões com o olhar, mas desta vez ele conseguiu encarnar um Oliver Queen muito mais aliviado por saber que sua mãe sabe seu segredo do que qualquer outra coisa.

E agora só faltam mais três episódios. Mais três episódios de flashbacks para explicar o que aconteceu entre Oliver, Slade e Sarah.

Além de tudo isso, esse foi o primeiro episódio que abriu portas para a próxima temporada. O grande dilema da segunda foi o fato de que o Arqueiro não deve mais matar, a não ser que seja de extrema necessidade, como aconteceu uma ou duas vezes; mas diante de toda essa situação de Thea, acredito que o dilema da próxima temporada será as mentiras envolvendo a família Queen. Até quando os segredos e mentiras serão sustentados? Até quando a falta da comunicação vai fazer essa família desmoronar mais e mais? Outra porta é o fato de que Moira não revelou que Merlyn está vivo, e que o personagem foi poupado durante toda a temporada. A volta dele à série é mais do que certa. E por último, esse suposto filho de Oliver, que hoje teria seis anos. Certamente esse assunto não será resolvido nessa temporada. Podem até citar, mas resolver, duvido muito. E, ah, eu aposto minha coleção de HQs da DC que o Slade sabe desse filho bastardo de Oliver.

O difícil vai ser aguentar até semana que vem, porque o negócio tá pegando fogo!

PS: Alguém conseguiu interpretar aqueles “tic tac” durante os flashbakcs? Seria o sinal de que o tempo de Moira estava acabando? Mas não faria muito sentido. Expressem-se nos comentários, por favor!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER