Arrow 4×13 — Sins Of The Father

Sins of the Father foi mais um episódio usado para corrigir erros do passado, preparando terreno para a segunda parte desta temporada.

Você estava certa, mesmo depois de sua morte eu permaneci prisioneira do meu pai. Permiti que ele me transformasse em alguém que você me mostrou que não preciso ser. E você me mostrou novamente quando pegou a espada para salvar minha vida. Os dois me mostraram o que precisava ser feito […] Mais cedo hoje eu desfiz a Liga dos Assassinos […] Ninguém jamais será mantido prisioneiro do meu pai.” — Ra’s al Ghul, Nyssa

Talvez poucos esperavam pelo que aconteceu no décimo terceiro episódio dessa temporada. Quem não recebeu spoilers sobre o destino dos personagens envolvidos na trama da noite, pode se surpreender com o rumo que a história tomou.

No começo, foi difícil engolir os motivos que levaram Nyssa a Star City. A personagem parecia uma criança mimada que não ganhou o presente que queria e agora fazia birra até conseguir. Quando chegamos ao final do episódio foi bom descobrir que houve tempo para amadurecer a personagem.

Nessa confusão toda tivemos dois pontos positivos que aliviaram a pressão da série, de certa forma consertando erros cometidos na temporada anterior. A começar pela liga dos assassinos, que apesar de toda sua força nas HQ’s da DC, acabou ficando cansativa na série e um tanto absurda, falava-se do tamanho do poder da organização, mas ela era facilmente derrotada o tempo todo, seus métodos e apresentações acabavam sempre parecendo muito forçados e algumas vezes, até fora de contexto.

Segunda vantagem foi a volta de Malcolm Merlyn ao time de vilões. A versão “em cima do muro” do personagem estava cansativa e uma grande quantidade de fãs acreditava que o tempo do personagem na série já havia acabado há algum tempo.

Temos que concordar que Malcolm foi um dos melhores vilões da série, por isso seu personagem voltar a suas origens pode ser uma grande jogada. O que confirma o fato de que talvez não seja sobre Damien que Oliver esteja falando diante do túmulo misterioso que aparece nessa temporada.

Matar Willian, o filho que o arqueiro ainda mantém em segredo, pode até ser um golpe baixo, mas traz certo alívio aos fãs que não querem que algum personagem do team arrow morra. Especulações à parte, melhor não contar com algo que ainda pode ser mudado, afinal a temporada ainda não terminou de ser filmada.

Em Sins of the Father também tivemos bem menos cenas de ação. Todos os confrontos foram rápidos para poupar tempo, a ideia era desenvolver a história de forma convincente até sua conclusão. O que foi de muito bom gosto, afinal muitas vezes eles tentam distrair o público com muita ação e perseguição e acabam perdendo a mão no roteiro.

O pai de Felicity também teve que pagar por seus pecados no episódio. Noah bem que tentou enganar a filha, mas acabou se dando mal bem rápido, esperamos que a história dos dois se desenvolva um pouco mais, mas pode ser que o personagem fique na geladeira por um tempo, e seja reintroduzido na trama em um momento mais oportuno.

Com a liga dos assassinos desmantelada e a nova sede de vingança de Malcolm, a única peça que faltava neste episódio era Damien Darhk. E foi exatamente a ele que Merlyn recorreu no fim do episódio. Agora essa dupla de vilões não vai dar paz para o team arrow.

A quarta temporada da série tem feito bonito com relação ao ano anterior. Episódios como Sins of The Father provam o esforço da produção para entregar a melhor trama possível, consertando erros do passado e orquestrando uma ótima trama central para uma conclusão épica.

Só falta agora você nos contar o que achou do episódio e dar uma nota para ele no placar abaixo. Antes confira a promo de Code of Silence.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!