BBB16: Geralda conta que tinha “esperancinha bem forte de ficar”

Depois da votação mais apertada do novo sistema de votação do BBB16, Geralda foi a eliminada, no último paredão da edição. Ela foi escolhida por 5×1 para ocupar um dos lugares mais ingratos do programa, o famigerado quarto lugar, que é o posto que melhor resume o ditado “nadou e morreu na praia”.

Em entrevista coletiva, ela, inclusive, citou esse medo que a fez chorar algumas vezes no confinamento. Mas não foi o único motivo das suas angústias: “Era saudade, o medo que eu tinha de sair antes do dia 5, igual aconteceu. Às vezes a gente falava alguma coisa que não queria falar com alguém, (tipo) ofender diretamente… Então não deixa de ter assim uma certa melancolia de estar tanto tempo fora de casa”.

Mas a Geralda forte, que surpreendeu todo o Brasil, foi a mesma nos seus primeiros momentos pós-confinamento. Muito simpática, Dona GG, como ficou conhecida, já chegou à coletiva dizendo que estava com a alma “lavada e enxaguada” por ter realizado o sonho de conhecer o apresentador Pedro Bial: “Ele é bonito por dentro e por fora.”

Ela comentou, sem tentar fazer média, as relações com seus dois principais desafetos: Cacau e, para quem não se lembra, Tamiel. Ainda falou sobre a decepção com Matheus, o acolhimento de Ronan e a falta que sentiu de Ana Paula.

Confira os principais trechos da entrevista:

SOBRE EXPECTATIVAS DE JOGO
“Eu estava com uma esperancinha bem forte de que ia ficar. Eu tenho muita fé em Deus e estava bem confiante no pessoal.”

SOBRE MARIA CLAUDIA
“Na verdade, não fui eu quem brigou com a Cacau. Foi ela que brigou comigo. Foi ela que começou a alfinetar. Aí eu fui dando o troco, porque eu não sou de levar nada pra casa.”

SOBRE MATHEUS
“Eu realmente achei que a gente fosse até o final (juntos), mas eu fui me decepcionando aos poucos com ele. Daí eu já fui ficando mais fechada com a pessoa do Matheus. Mágoa a gente não guarda, mas nossa relação poderia ter sido diferente. Eu vi que não podia mais confiar igual eu estava confiando nele. Isso foi quando teve o paredão em que a Pequi foi líder. Daí ele, namorando com a menina, pediu que a Munik indicasse a Cacau e queria que eu votasse ou no Ronan ou na Munik, mas eu não ia, porque ‘toda vida’ eles me deram muito apoio na casa. Nisso eu senti que ele não era mais confiável.”

SOBRE A DISCUSSÃO COM MATHEUS NA ÚLTIMA FESTA
“A gente fica decpecionada, né? Ali que eu vi pessoalmente quem era a pessoa. Machuca, não deixa de machucar, palavras são palavras. Mas eu chamaria ele para conversar numa boa.”

SOBRE AS DESCONFIANÇAS COM TAMIEL
“Quem o meu santo não cruzou desde o início foi com o Tamiel. Eu senti ele um articulador falso. Ficava de todos os lados, nem ele mesmo sabia que lado que ele estava.”

SOBRE A APROXIMAÇÃO COM RONAN
“Ele foi um anjo. Mas quando eu cheguei, tinha uns atritos, o clima estava bem quente. Quando cheguei, não dava pra julgar. Mas pensei ‘eu tenho que me aproximar mais dele’, mas ele sempre com o pé atrás, porque ele tem medo de se aproximar das pessoas. Eu queria conhecer ele, quem é o Ronan. E realmente, ele é uma pessoa que tem o coração muito grande, mas ele é muito fechado, igual bicho do mato.”

SOBRE A PRESENÇA E A AUSÊNCIA DE ANA PAULA
“Com Ana Paula, a casa foi muito boa. Ela fez muita falta na casa, porque ela é uma pessoa muito simples, muito humana e muito amiga. Às vezes eu até discutia com ela, nós duas chegávamos a bater de frente, mas ela é muito carinhosa e muito humilde.”

SOBRE AS INVESTIDAS DE RONAN EM MUNIK
“Eu falei pra ela ‘se você acha que está te incomodando, conversa com ele’. Tem horas em que ele extrapola. Eu acho que ele tem um certo sentimento por ela e ela só o vê como amigo. Falei para ela chamá-lo de amigo para ver se esfriava um pouco. Do lado de fora, eles vão ser amigos mesmo. E ele vai ter a oportunidade de conhecer outras pessoas. Porque aqui dentro a gente fica carente mesmo.”

SOBRE SEUS HÁBITOS
“Eu fumo bastante e bebo bastante. Exemplo cada um busca o que é bom e o que é ruim. Fumar não faz bem pra saúde, beber também não faz, mas eu gosto, eu curto bastante. Cada um que decide o que quer fazer da vida. Eu não sirvo de exemplo para ninguém.”

SOBRE AS APOSTAS PARA O PRÊMIO
“Eu acredito muito no Ronan ou na Pequi. A Cacau foi taxativa de dizer que não queria que eu ganhasse o prêmio. Então eu também não quero que ela ganhe de jeito nenhum.”

(Foto: Ellen Soares/ Gshow)

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER