Chicago Fire 1×07 — Two Families

Muitas pessoas por aí devem estar se perguntando porque fazemos este trabalho. E é verdade. Alguns dias são ruins. […] Alguns dias, conseguimos ver coisas que ninguém consegue ver.” — Otis

Mais um bom episódio que Chicago Fire entregou essa semana. Aproveitando o Dia de Ação de Graças (aliás, quase todas as séries apresentaram um capítulo dedicado à data), a série produzida por Dick Wolf resolveu fazer uma linda homenagem aos homens do fogo.

Começando pelo singelo título: Two Families. Algumas profissões não podem se dar ao luxo de usufruir de um feriado. Afinal, se eles tiraram uma folga, a população corre sérios riscos de ficar sem atendimentos básicos. É o caso de médicos, limpeza urbana e, é claro, os bombeiros. Com isso, acabam por passar os feriados com os colegas de trabalho e não com seus familiares. Os integrantes do Corpo de Bombeiros da cidade de Chicago são exemplo disso.

Exemplar a maneira do episódio contrastar as relações com os membros de sangue de seus personagens e como eles interagem com outra família, o pessoal do trabalho com quem passam mais tempo. O conceito de família é amplamente explorado e os roteiristas revelam mais particularidades da vida de cada um.

Boden ligando para Shonda (ex-mulher?) e pedindo para falar com Jimmy (seu filho?) e tendo o telefone desligado em sua cara. Hallie falando da mãe de Casey (com certo desdém). Elise elogiando o irmão Mills, comparando-o com o pai. Clarice procurando Leslie e confessando sua infelicidade conjugal. Hermman chegando em casa e vendo a comemoração de Ação de Graça de sua família (e ele não participando dela). O irmão de Cruz sendo baleado e saindo do hospital na companhia de três homens. Pequenos fragmentos lançados ao longo do episódio e que enriquecem a construção de cada personagem.

Severide viu-se em uma sinuca de bico quando o Comandante Boden, após um incidente envolvendo metanfetamina, exige que todos façam um exame antidrogas. A preocupação é natural já que o bombeiro faz uso de fortes medicamentos para conter a dor no braço. A atitude de Leslie em livrar a barra do amigo enfatiza, mais uma vez, o conceito de que família pode ser aquela que se escolhe por afinidade. Uma verdadeira amiga.

Gabriela é outra que leva amizade a sério. Não pensou duas vezes em colocar Clarice, que já magoou Leslie no passado, em seu devido lugar. Essa mulher tem muita fibra e defende os seus com muito vigor e firmeza. Atitude muito aprovada entre verdadeiros amigos.

Otis ficou encarregado mais uma vez da parte engraçada. Decidindo criar um podcast, ideia extremamente atual, sobre o dia a dia dos bombeiros, acaba sendo avacalhado por Mouch (que também teve seu momento cômico ao disputar seu lugar no sofá com o responsável pelo teste antidrogas). Mas foi dele a fala mais tocante, na qual explica os sabores e dissabores da profissão. Texto absurdamente bem escrito.

Outro plot cômico foi o peru assado. Mesmo recebendo um nome, toda vez que o pessoal ia comê-lo, alguma chamada os interrompia. Peru do mal, esse.

O menino loiro da bicicleta do episódio anterior retorna e agora tem um nome: Ernie. Boden desconfia que ele seja um possível incendiário, uma vez que estava no local de dois incêndios. Hermmann investiga um pouco mais e descobre mais detalhes sobre a vida do menino (pai preso, mãe viciada, avó ausente). Esse arco narrativo vai render bons momentos, principalmente porque Boden pressiona o jovem e ele fica na defensiva.

Contudo, o grande herói do episódio foi mesmo Casey. Livre dos problemas com Voight (ao menos por enquanto), pode aproveitar melhor sua noiva, Hallie. Protagonizou a cena mais emocionante de toda a série até agora: trouxe ao mundo um bebê! Por mais que esse recurso tenha sido usado outras vezes, continua emocionando. Especialmente quando a cena fica parcialmente muda e o choro do recém-nascido rompe o silêncio (#filhosdaesperançafeelings). De fazer chorar.

Hallie parece não querer filhos e isso pode afastá-la de Casey, que depois do parte, quer alguns filhotes para povoar a terra. Se ela não quer, Gabriela parece não se recusar. A cena final dos dois no bar pode marcar uma nova aproximação.

Se o Dia de Ação de Graças é a hora de agradecer, os telespectadores só podem dizer obrigado por mais esse episódio bem acabado.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER