Dança dos Famosos 13×05 — Funk para os homens

Noite morna para os homens no funk feat. hip hop na Dança dos Famosos.

O episódio tinha tudo para ser envolvente e empolgante. Afinal, estávamos falando de funk e quer ritmo mais contagiante que este? Porém, as coisas não saíram como deveriam e a Dança dos Famosos teve a sua apresentação mais morna até o momento. Talvez pela escolha das músicas, talvez por ter misturado o funk com o hip hop. O problema é que dos seis casais que se exibiram, apenas dois conseguiram se sobressair.

No júri artístico, estavam presentes o ginasta Diego Hypólito, a atriz Ellen Rocche e a jornalista Sonia Racy. Já no júri técnico, Fly e Carol Nakamura completaram o time. Foi a bancada de jurados mais generosa, distribuindo dez a qualquer um que fizesse qualquer coisa. Sem dúvida, influenciou demais nas apresentações, passando uma impressão de que todos estavam maravilhosos, quando, na verdade, não estavam.

Sem mais demoras, vamos aos casais da noite!

Brenno Leone e Rachel Drodowsky

Brenno, que tinha ido tão bem em sua última apresentação, acabou derrapando no funk. Não que sua coreografia não exigisse dele. Ao contrário, foi bem sofisticada. No entanto, o maior problema foi a ligação entre os passos. Por diversos momentos, Brenno ficava esperando Rachel para se decidir o que fazer. Isso atrapalhou bastante a apresentação.

Nego do Borel e Juliana Fructuozo

Mesmo que tenha sido orientado a levar a coreografia com mais seriedade, a orientação não foi seguida. Negro do Borel, que é do funk, não conseguiu apresentar-se de maneira satisfatória. Conseguiu altas pontuações com o público, por ser carismático e ter forte apelo.

Sidney Magal e Camila Lobo

Magal não fez absolutamente nada em sua coreografia, mas conseguiu ser mais expressivo que os dois primeiros. Ouvimos dos jurados sobre uma suposta evolução dele, mas, honestamente, Magal continua da mesma maneira que começou. Só está abusando mais do truque e da simpatia.

Rainer Cadete e Juliana Valcézia

Rainer é um deslumbrado e ter descolorido os cabelos só confirmou isso. Mas o que importa é que ele se entregou totalmente ao funk e conseguiu um ótimo desempenho. Os passos bem executados souberam canalizar toda a energia que o ator possui. Sem contar que teve direito a uma lambida no abdômen da Juliana.

Felipe Simas e Carol Agnelo

Os melhores da noite sem dúvida. Felipe tem ótima consciência corporal devido à capoeira e soube aproveitar-se disso. A coreografia teve elementos acrobáticos bem inseridos e que alavancaram a apresentação do ator. Uma dança cativante e com ótimos momentos. pena que o público não votou de acordo.

Marcelinho e Yanca Guimarães

Marcelinho só conseguiu ser melhor que Magal, o que não é nenhum sacrifício. Com exceção de Robson Caetano, a maioria dos atletas não consegue ter um bom desenvolvimento na dança e Marcelinho não é a exceção. Perdido no palco, o atleta até arriscou alguns movimentos mais ousados. Ficou só na promessa mesmo.

E depois da rodada de domingo, a classificação ficou assim:

1ª) Nego do Borel e Juju Fructoso — 88,9

2ª) Felipe Simas e Carol Agnelo — 88,4

3ª) Rainer Cadete e Juliana Valcézia — 87,7

4ª) Brenno Leone e Rachel Drodowsky — 87,3

5ª) Sidney Magal e Camila Lobo — 83,7

Lembrando que nessa primeira fase os pontos são cumulativos e classificatórios. Os três primeiros de cada grupo garantem participação na próxima fase. Os três últimos disputam a repescagem. Na próxima semana, é a vez das mulheres. Como será o nível das meninas no funk?

E você? O que achou das apresentações? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!