Demolidor da Marvel 2×07 — Semper Fidelis

De volta à ação, Semper Fidelis representa o ponto em que a temporada começa a convergir todas as suas tramas para uma conclusão épica.

Eu estava apenas jogando conforme as suas regras. […] Quando você não consegue o que quer durante o dia, você pega a força durante a noite! Esse é quem você é Matthew. Não se engane fingindo que é diferente.” NATCHIOS, Elektra

Com o julgamento de Frank em andamento, Matt se vê com muito mais problemas para resolver do que pode administrar, e a escolha de suas prioridades encaminha a trama, mais uma vez, para o ponto em que tudo dá errado.

Assim como na primeira temporada, chegamos no ponto em que, além da crescente interminável de problemas, todos os assuntos que pareciam sólidos começam a desmoronar. O que não ajuda nem um pouco é a tendência de Matt em tentar fazer tudo dar certo, mesmo que o cenário aponte que seria melhor não fazer nada e minimizar os danos.

De qualquer forma todos estão tentando seu melhor, inclusive Frank Castle, que após não cooperar muito, e levar seu caso a julgamento, tenta ajudar Karen a encontrar um ângulo que dê alguma chance para Nelson e Murdock minimizar sua pena.

O que acaba fortalecendo o laço entre ele e Karen, aparentemente os dois parecem interessados apenas em descobrir o que a promotoria está escondendo sobre o caso do Justiceiro, mas estranhamente esse relacionamento parece encaminhar para algo a mais.

Enquanto isso, o Demolidor acaba dando prioridade para o caso envolvendo a máfia japonesa e Elektra, visando o quadro geral da trama e o que é melhor para sua cidade. O problema é que mentir e chegar atrasado ao julgamento, no qual ele deveria fazer a abertura da defesa, não faz bem para seus relacionamentos com Foggy e Karen.

Já neste episódio vemos que a interação do Demolidor e Elektra começa a tomar um formato mais parecido com o que vimos nos flashbacks em Kinbaku. Não podemos negar que a química entre eles é fluída, tanto nas cenas de ação quanto nos diálogos e inclusive quando estão brigando — é como se dançassem um balé muito bem coreografado.

E por falar em Elektra, também vimos no diálogo entre ela e Matt, após descobrirem os vagões de terra dos japoneses, que ela guarda alguns segredos sombrios sobre seu passado, principalmente sobre a época depois que desapareceu quando terminou com Matt. Que está diretamente ligado com seu treinamento como assassina. Uma conexão entre ela e Nobu faz sentido, já que nas HQ’s ela fez parte da organização The Hand, que surgiu no mesmo ano que a assassina profissional (1981), em Daredevil #174.

O malabarismo de Matt entre uma trama e outra, deixam Semper Fidelis com um ritmo mais dinâmico. E inclui um momento romântico entre ele e Karen, que é arruinado por uma discussão que acaba expondo que a moça pode ter segredos sombrios sobre si, alguns deles nós já sabemos, mas Matt não e desde o começo da temporada ela batalha com esses demônios constantemente.

No mesmo diálogo vemos o Demolidor debatendo novamente sobre sua religiosidade. Uma vez que concordar com os métodos de Frank contraria tudo o que é ensinado em sua igreja, por mais que as ações de Demolidor desenhem uma linha tênue entre o que seria aprovado ou não pelo livro sagrado. Afinal quebrar e rasgar pessoas antes de entregá-las par a polícia não é exatamente o ato mais misericordioso de todos.

Explicar para Foggy o motivo de suas faltas acaba confundindo as coisas. Já exaurido por todas as vezes em que precisa encobrir os desaparecimentos do amigo, e se preocupar se ele está morto no topo de algum prédio, faz o fiel companheiro de Matt esgotar sua cota.

A briga entre os dois, apesar de não demorar um episódio inteiro, como aconteceu na primeira temporada em Nelson vs Murdock, definitivamente deixa uma marca bem mais forte. E acaba balançando também seu relacionamento com Karen. Nesse ponto, tudo indica que nos próximos episódios Matt vai estar um tanto mais solitário e mais influenciável por Elektra.

Semper Fidelis foi o último dos episódios liberados antecipadamente pela Netflix para imprensa, por isso também ficamos esperando até o lançamento para descobrir o que é o enorme buraco que os japoneses estão cavando em Nova York.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER