Eles são chatos, mas não vivemos sem eles!

Eles são chatos, arrogantes, mentirosos, malvados ou apenas reclamões. Apesar de tudo isso, nós os amamos e não podemos viver sem eles. A minha lista é curta, mas eu sei que depois de lê-la, você irá se lembrar de muitos outros personagens que deveríamos odiar, mas amamos.

A Dra. Cristina Yang pode ser a mais promissora interna do Seattle Grace-West. Só que toda a sua genialidade é proporcional ao seu jeito rabugento de ser. Sempre irônica e impaciente, ela tem seus motivos para reclamar, seja da falta de um “deus” da cardio ou para ficar depressiva por causa da falta de bons casos e enjoada com o excesso de meiguice das pessoas a sua volta. Agora com Owen, eu acho que ela tem motivos e muitos para reclamar. Se fosse ela, arrumaria um jeito de mandá-lo para a Amazônia direto para a nova série da Shonda Rimmes.

Gregory House é dono de uma mente brilhante que serve, principalmente, para pertubar a todos com seus jogos e jeito um tanto quanto “excêntrico” de ser, para não dizer, grosso. Contudo, apesar das pegadinhas que aplica em Wilson e Cuddy e das patatas em seus discípulos, que às vezes são merecidas, a gente gosta mais dele que de todos a sua volta. Todos veem House por ele, é claro! E, para mim, a coisa mais irritante que ele faz é depois de ver The L Word, tentar algo com a Cuddy e deixar a Libby pegar o Wilson.

George Constanza o mais covarde e aproveitador amigo que você ou Jerry Seinfield poderia sonhar ter. Ele é folgado e paranóico o bastante para segui-lo para conseguir saber de algo, ao invés de te perguntar. Ele é o rei de achar defeitos nas pessoas e nada está bom para ele nunca, o rei da reclamação e do mimimi, fora a mania de doenças que lhe dá um charme especial, ou não. O coitado tinha uma vibe de azarado, o que para mim era mais um trauma por ter pais tão malucos como Frank e Estelle Costanza.

Eric Cartman, o melhor pior amigo do mundo das crianças de South Park. Ele é invejoso, megalomaníaco e está a um passo, ou talvez, a meio, de se tornar um sociopata quando se tornar um adulto. Quando você pensa que tudo está ruim, ele consegue dar um jeitinho de piorar a situação mais ainda, mesmo quando quer ajudar (o que é rarissímo). Cartman é capaz de te colocar nas piores situações, só para se livrar de problemas, quase sempre criados por ele mesmo. Sinceramente, ainda bem que Kenny foi tocado por Jacob, porque o coitadinho só se ferra na mão desse amigo.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!