Entre o amor e o ódio em Jovens de Elite

Jovens de Elite é o primeiro livro da trilogia de mesmo nome escrita por Marie Lu.

Eu sou Adelina Amouteru. Não pertenço a ninguém. Esta noite, juro me erguer acima de tudo o que você ensinou. Vou me tornar uma força que este mundo nunca conheceu. Terei tanto poder que ninguém ousará me machucar de novo.” AMOUTERU, Adelina

Jovens de Elite é o primeiro livro de uma série de fantasia ambientada na era medieval e protagonizada por jovens que desenvolvem estranhas cicatrizes e poderes especiais ao sobreviverem à uma febre que dizimou boa parte da humanidade. Entre eles está Adelina, que, após se rebelar contra o destino imposto a ela por seu pai, encontra um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite, vista por alguns como um grupo de heróis e por outros como seres com poderes demoníacos. Heroína ou vilã?

Um ponto muito interessante é que o super poder foi adquirido devido à uma doença que se espalhou pelo mundo. Essa doença matou vários adultos e crianças, porém as crianças que sobreviveram com o passar do tempo adquiriram poderes, como controlar o fogo, o ar, os animais, entre outros.

O livro tem vários pontos de vista, que deixam a narrativa mais rica e interessante. Isso é ótimo porque aí não ficamos completamente deprimidos e sombrios com a narrativa da Adelina e temos uma visão da política dentro da rebelião também. Foi uma maneira muito conveniente da autora de apresentar as motivações dos personagens sem precisar daqueles diálogos de revelação em que os personagens contam suas histórias de vida uns aos outros.

Outro diferencial é que a nossa personagem principal, Adelina, é meio que uma vilã! Mas calma, acontece que ela tem uma espécie de alma sombria, devido a várias situações que ela viveu na infância com seu pai, o que a torna uma heroína nada comum.

Adelina é uma personagem feminina forte, decidida e independente. Ela tem o poder de criar ilusões para as pessoas, na maioria das vezes para deixá-las com medo e distraí-las.

No início do livro, percebemos que tudo que ela quer é ser aceita, considerando que sua própria família a renegava e tratava de maneira abusiva por ela ter tido uma doença quando criança, que marcou seu rosto e a deixou sem um olho. Mas então várias coisas vão acontecendo e vão deixando cada vez mais revoltada com o modo como as pessoas estão se relacionando com ela, como se só a procurassem para que ela os ajude e adivinha, ELA NÃO QUER SÓ SER A AJUDANTE DAS PESSOAS!

O ponto chave do livro é que a Adelina se recusa a ser usada pelos homens que aparecem em sua vida, como seu pai, Enzo, o líder da Sociedade da Adaga, um grupo de rebeldes que estão tentando lutar pelos direitos dos malfettos, ou seja, daqueles que foram afetados pela doença e adquiriram poderes especiais; e o Líder Inquisitor, o Teren, que trabalha para o Governo e tem a missão de livrar o mundo dos malfettos.

Adelina é uma personagem difícil de se ler, porque o leitor entende o que ela está sentindo e pensando, mas nem tudo isso é o que a maioria das pessoas consideraria como certo ou moral. Adelina é uma personagem sombria, ressentida por tanto coisas do seu passado quanto coisas que estão acontecendo em seu presente, e isso a enriquece e a deixa mais forte quando usa seus poderes.

Todos os personagens coadjuvantes são extremamente complexos e incrivelmente profundos. Enzo que é o líder da Sociedade da Adaga tem uma história interessante que dá sentido a todas suas ações e motivações; até mesmo com o verdadeiro vilão, o Teren, líder da Inquisição que procura deter os Jovens de Elite (como eles chamam os jovens com poderes), tem uma história que o torna quem ele é.

A obra tem uma ótima premissa e um enredo diferente e atraente. Sua protagonista tem força e carisma o suficiente para prender a atenção do leitor do início ao fim do livro.

A escrita da Marie Lu é ágil e fluida e sua trama é bem desenvolvida. Porém, muitas perguntas ficam no ar e algumas explicações pendentes. Como se trata do primeiro livro da série, espera-se que nos próximos livros esses “buracos” sejam preenchidos.

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa é simples, mas chama a atenção.

jovens-de-elite

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER