FTWD 2×06 — Sicut Cervus

Sicut Cervus tem falhas e Fear The Walking Dead aposta em história repetida próximo ao midseason finale.

Você precisa fazer as pazes com a morte, velho. Do que você tem medo?” Célia

Sicut Cervus foi um episódio um tanto questionável. Com uma história muito semelhante à segunda temporada de The Walking Dead, a série abriu espaço para as comparações que sempre tentou evitar. Um ponto forte é a possível vilã que teremos daqui pra frente, Célia. O episódio começa dando apenas um gostinho do que ela é capaz.

Depois de muita expectativa, o grupo finalmente chega ao México. Não antes sem passar ridiculamente por uma barreira policial que foi temida durante os 5 episódios da temporada. A comunidade construída por Célia e Thomas parece ser o paraíso para o grupo de sobreviventes, mas Daniel não parece muito confortável com sua anfitriã e percebe que algo está errado no lugar.

Logo descobrimos que Thomas está agonizando e que Victor chegou apenas a tempo de se despedir do seu amado. Aparentemente, o plano de Célia de se livrar dos moradores do vilarejo teve um efeito colateral maior do que ela contava, no entanto, por algum motivo ela parece acreditar que esse estado de “zumbi” é apenas a próxima etapa que devemos seguir após a morte. Além disso ela também protege os zumbis mesmo às custas dos vivos.

Isso pode não ser exatamente igual, mas soa muito familiar com todo o drama que tivemos com Hershel na 2ª temporada de The Walking Dead. Também tivemos o mesmo problema de um personagem que preserva os mortos e, no final, isso se torna um problema para todos. Impossível não comparar.

fear-the-walking-dead-episode-206-alicia-debnam-carey-3-935

Para completar, Nick, que parecia ser o melhor personagem até o momento, fica simplesmente impressionado pela teoria de Célia e rapidamente fica do seu lado. Sério, da onde isso saiu? Não teve nada ao longo da série que mostrou que ele poderia seguir por esse caminho.

Enquanto isso, o personagem mais chato de todos os tempo, Chris, começa a dar sinais mais forte de que sua cabeça não esta lidando muito bem com tudo que está rolando. Após ter simplesmente ignorado que Madison estava em perigo e praticamente ameaçar Alicia, ele achou que seria uma boa ideia entrar escondido no quarto delas de noite e por acaso pegar uma faca. Pode ser que ele simplesmente estava pegando a faca para guardar? Bem difícil. Vamos combinar que ele realmente parece querer se livrar de Madison e de qualquer um que ele não curta muito. De qualquer maneira, Chris continua sendo o personagem mais chato e desnecessário para a série. E Travis o pai mais cego de todos os tempos.

Para compensar temos a história de Victor e Thomas, que é realmente comovente. Mesmo que não tenhamos acompanhado o casal de perto é de partir o coração ver que Strava estava disposto até mesmo a tirar a própria vida para poder acompanhar Thomas para o próximo mundo. No final, ele fez — provavelmente — a escolha certa e deu um fim ao sofrimento de Thomas sem partir junto com ele. Célia não vai ficar feliz com esse desfecho e muito provavelmente Victor sofrerá alguma consequência pelos seus atos.

fear-the-walking-dead-episode-206-strand-domingo-3-935

Além disso, Daniel sente que existe algo de maligno no vilarejo de Célia, e a coruja que não para de aparecer parece ser um sinal ruim para os sobreviventes. O que será que ela representa?

Confira a promo do próximo episódio.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!