GA 9×18 — Idle Hands

É dado início à era Grey Sloan Memorial. E mesmo com as mudanças no ambiente de trabalho dos médicos, o episódio quis deixar claro que tudo continua como era antes.

Com Idle Hands, quebra-se o ritmo que a temporada vinha tomando, e temos de volta o que Grey’s Anatomy era antes do processo.

O episódio não foi ruim, pelo contrário. Tivemos drama e momentos cômicos muito bem dosados, como de costume. Tivemos ainda muito romance. O casal MerDer, por exemplo, está muito bem nessa temporada. E foi divertidíssimo ver Meredith preocupada se o bebê irá nascer com tudo que tem direito. No final do dia o casal teve a notícia de que Zola terá um irmão. Já consigo imaginar os pequenos Grey brincando na casa da montanha.

Enquanto isso, Yang e Owen parecem namoradinhos pelos corredores do hospital. Callie e Arizona, que passaram por momentos difíceis juntas mostram o casal forte que são e estão entrando em uma fase bacana, finalmente se entendendo novamente entre quatro paredes. E Alex não consegue mais esconder que está incomodado com o namoro de Wilson e Jason. O que rendeu um plot dispensável, porém divertido, que envolveu um paciente e até mesmo o Dr. Webber.

Já April não liga muito pro romance e está mais interessada em levar o namorado paramédico ao parque de diversões. Aquele que ela ia sempre com Avery, lembra? Ri alto dela conversando sobre isso com a Grey. A única parte chata disso tudo é que como Matthew é virgem, agora Kepner se culpa por não ter esperado pelo “cara certo” para perder a virgindade. Só que eu e você, leitor, sabemos, ou pelo menos achamos que sabemos, que ela perdeu sim a virgindade com o cara certo. Só falta ela perceber isso.

ga 9x18

Neste episódio a emoção ficou por conta do caso de Meredith, que descobriu que sua paciente estava com um câncer irreversível. A paciente (Annette O’Toole, a Martha Kent de Smallville) era uma professora muito querida por seus alunos, e justamente por isso rendeu uma cena emocionante.

O caso do Derek também foi muito bacana. O Dr. Shepherd ensinou ao Shane como preparar terreno para dar uma notícia tensa ao familiar de uma vítima. É o tipo de coisa que a gente vê na série desde o começo, e que não fica velho. Com um elenco jovem sendo introduzido de vez em quando, isso sempre será necessário.

E por último, tiveram alguns ótimos plots consequentes dessa nova era. Primeiro, o novo equipamento de raio-X com pouca radiação que faz de um tudo foi motivo de muita excitação do Hunt e dos internos. Acho que nisso a Heather roubou a cena com suas histórias grotescas. Lembra quando ela disse que tinha mania de comer areia quando mais nova? Dessa vez a Dra. Brooks contou que engoliu uma bolinha de gude aos seis anos. Sempre muito cômica.

Bailey passou o dia correndo atrás dos donos do GSM pra conseguir verba para seu projeto de mapeamento gênico. Deu dó dela lutando por algo importante enquanto os outros médicos demonstravam falta de interesse. Ainda bem que no fim das contas o Conselho comprou a ideia. Mas gostei mesmo foi da Yang que, apesar de ser a que menos se importava com a resolução do processo, soube muito bem aproveitar a situação toda a seu favor, deixando seu mentor na mão.

Depois de tantos episódios focados no processo e nas feridas da última season finale, um episódio divertido como este caiu bem. Resta saber quanto tempo falta antes da série nos deixar tensos novamente com o destino de seus personagens. Tenha piedade, Shonda!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER