Gotham 2×19 — Azrael

Um dos mais eletrizantes episódios de Gotham apresenta o espetacular Azrael.

Como confiar num cara que fala que nem louco?” — BARNES, Nathaniel.

A linha que separa a sanidade da loucura é muito tênue. Por vezes, só precisamos de um incentivo para nos entregar de vez aos desvarios e deixar falar mais algo as vozes interiores que nem sempre são as mais amigáveis. Permanecer lúcido em meio a tanto caos é um esforço constante.

Huge Strange é a pessoa que está perto do precipício e apenas empurram os outros para o abismo da loucura. Vê-lo pelos corredores lendo o insano diálogo entre Alice e o Gato Risonho é bastante emblemático. Estar dentro de um hospício e ler que todos estão loucos apenas enfatiza ainda mais sua própria condição. Strange é tão louco quanto qualquer uma de suas criações.

E a sua mais bem sucedida cria atende pelo nome de Azrael, um cavaleiro lendário que segue os preceitos de Dumas e está para trazer justiça a terra. Na verdade, Azrael não passa do ressuscitado Theo Galavan, sendo usado como um fantoche por Strange para dar cabo à vida de Jim Gordon.

A expectativa criada pela série em torno do aparecimento de Azrael valeu muito a pena. James Frain encontrou o tom exato para o personagem. O figurino impecável e toda a movimentação cênica do personagem contribuíram para o sucesso. A coreografia de luta e a mise-en-scene construída foram de tirar o fôlego. Sem dúvida, Gotham tem um capricho muito grande pelo universo.

E o olhar que o jovem Bruce Wayne lançou para os movimentos aéreos de Azrael? Como o espectador já sabe do futuro, é genial que a série brinque com essas referências e mostre como tudo influenciará na transformação do rapazinho no futuro Batman.

Edward Nygma voltou para dar o ar de sua graça. O personagem realmente acrescenta valor e é uma delícia vê-lo. Dessa vez, acabou provando sua mente brilhante e ainda foi capaz de descobrir o circo de horrores que Strange mantém no porão do Asilo Arkham. Resta saber como ele usará essa informação.

Quem está de volta também é Oswald Cobblepot. Faz até sentido a série trazer ele de volta, ainda mais agora que Theo Galavan, o assassino da mãe do Pinguim, regressou. O embate entre os dois poderá ser bem interessante.

Restando apenas três episódios para o fim da temporada, Gotham continua mantendo a qualidade altíssima e prendendo o espectador até o último suspiro.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!