House of Cards 4×09 — Chapter 48

Em Chapter 48 finalmente os planos começam a se encaixar e dar resultados, mas tudo pode sair do controle em House of Cards.

A não ser que queria ir lá fora junto do povo.” UNDERWOOD, Francis

Urgh! O povo!” CONWAY, William

Tudo começa finalmente a se encaixar nos planos dos Underwood para a presidência, mas nem tudo está sob completo controle. Bastou chegar na reta final para conseguir o lugar de Claire como Vice-presidente que certos pontos começaram a desandar.

Continuando com todo aquele clima da primeira temporada, nos deparamos com Frank caçando votos e aquele mural de contagem de votos é extremamente sugestivo a isso. Fora o frenesi, mudança de votos e coisas que saem do controle quando o resultado do jogo começa a tomar forma. Cathy não gostou nem um pouco da maneira que foi descartada por Frank e como vingança está indo de frente contra Claire.

Decisão um pouco precipitada dela. Tudo bem, o cargo dela foi oferecido a outro se ajudasse a caçar votos para Claire. Então ao perder espaço para a senhora Underwood, ela futuramente vai perder o emprego. Mas, puxar o Tapete do casal Underwood é uma decisão terrível. Como ela lideria com os estulhos e problemas que ele criaria para derrubar Cathy da vice-presidência? Ela, a essa altura, sabe bem que os dois não são flor que se cheire e tudo mais. Mas a atitude dela foi bem ingênua.

Conway tem se mostrado um oponente formidável. Até Frank parece se divertir com suas atitudes e jogadas. E em um jogo de ver quem ia amarelar primeiro, acabaram na mesma sala e criando uma certa proximidade. Talvez Frank agora tenha entendido que ele não é nada menos que uma versão mais jovem dele próprio. Tudo bem que sem a parte dos assassinatos incluso. E como alguém de uma geração mais nova, seus métodos são novos, trazem resultado rápido, também apagam na mesma velocidade e se escorregar, o tombo se torna viral.

Além de tudo isso, temos também um Doug que aos poucos está perdendo para um lado emocional bem forte. Já vimos isso acontecer ao longo da primeira e segunda temporada — mais um indício do esforço da série em recriar atmosferas e arcos antigos. Começou com o ciúme de LeeAnn e sua proximidade com os Underwood, depois tentando controlar Seth e agora temos ele com a compaixão do homem que morreu por não receber o transplante que foi para Frank. Esse tipo de situação sempre toma o melhor dele e se a bebida entrar na equação, a coisa pode ficar feia.

A sequência de bons episódios de House of Cards está invejável até para suas outras temporadas. O ritmo e os conflitos estão muito bem distribuídos, não deixando o clima cair em momento nenhum. E isso é uma grande coisa para a série.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!