INTERNET GRÁTIS 4EVER

INTERNET GRÁTIS 4EVER

Por incrível que pareça, eu não vou fazer nenhum trocadilho com as siglas SOPA e PIPA, porque… eu sou melhor que isso. Na verdade, eu não sou, mas eu só não vejo muita graça.

Exceto, é claro, pela hipster Mafalda — esse é bem engraçado, na verdade. Eu estou aqui escrevendo e consigo enxergar todos vocês gargalhado loucamente com essa piada fantástica sobre a Mafalda não gostar de sopa mas, na verdade, não é sopa, é SOPA, que é uma sigla e não… na verdade não… não é uma sopa, uma sopa de verdade, sabe? É… é uma sigla, e não… comida. Ou bebida.

O negócio é: sinceramente, se essas coisas começassem a funcionar, metade desse site aqui ia cair.

Talvez não cair, mas… bom, as reviews iam levar mais um mês ou dois pra chegar, porque a gente ia ter que esperar a TV passar. E não, ninguém aqui falou em TV aberta. Logo, se você não tem TV paga, você pode começar a chorar porque, quando proibirem a pirataria desmedida e a TV grátis na internet… vai ser um problema, amigos.

Eu não preciso chorar, porque, pessoalmente, eu pago um monte de dinheiro pra ver TV. Infelizmente, meu dinheiro é jogado fora, porque eu não posso ver nada que eu gosto, já que minha mulher está sempre ocupada demais vendo Pequenas Misses

Mas então, o que a gente faria se não pudesse mais baixar tudo o que a gente quisesse?

Sinceramente, muita gente podia pular pela janela do décimo sétimo, porque… amigos, é o mais sensato a se fazer. Eu sei que eu ia me jogar. E não é nem pela TV! Eu posso até viver sem séries, principalmente agora que a gente já sabe que o JJ Abrams já mostrou que todas as outras séries vão ser iguais a Lost ou não tão legais quanto as primeiras temporadas de Fringe.

Eu sei que eu não ia poder passar pelo Oscar sem poder baixar absolutamente todos os filmes indicados a todas as categorias… mas minha chefe não me deixa falar de filmes, porque eles só passam na TV quando já estão velhos e só os preguiçosos não viram ainda. Então eu não vou falar sobre o Oscar.

O que a gente sabe é que, se eu também não puder acordar um dia e baixar os três discos da trilha sonora de Os Homens que Não Amavam as Mulheres do Trent Reznor com o Atticus Ross… ah, não, isso é música. Música de um filme, então… minha chefe também não vai querer ler sobre isso e…

Vamos pensar assim: se eu não pudesse baixar as coisas de graça… eu nunca teria TODAS as temporadas de The Office. Porque… eu amo muito a série, mas não tenho dinheiro suficiente pra demonstrar o meu amor — e é assim que as coisas funcionam. Às vezes, o amor simplesmente não está ao seu alcance. Ou da sua conta bancária.

Mas, hey, como você é horrível: você está dando o maior calote nos milionários que fizeram esse tesouro da alegria de viver que é The Office. E é verdade. Mas está na Lista de Compras da Minha Vida — que é uma lista de compras que TODO MUNDO tem, onde estão as coisas que você quer muito ter, mas não pode comprar… ou não está a fim de comprar porque sabe que nunca vai usar e custa muito dinheiro (todas as temporadas de House e uma fonte de chocolate pra colocar ketchup, pra poder comer batata frita também estão na lista).

Acontece que a culpa nem sempre é minha: às vezes, eu simplesmente não posso dar o dinheiro pras pessoas certas. Por exemplo: as temporadas de Adventure Time simplesmente não foram lançadas no Brasil. “Mas você pode comprar pela internet fora do Brasil” — eu podia! Mas eles lançaram de um jeito exótico que não tem todos os episódios, então eu achei melhor não comprar…

Isso sem falar em Flapjack!

Mas então, voltando às séries que importam… imaginem um mundo em que eu ainda não assisti a Game of Thrones — porque… eu tenho TV à cabo, mas eu não tenho HBO! Eu até queria ter, mas minha mulher disse que passa Harry Potter e As Branquelas o dia inteiro, e nunca passam os filmes legais.

Ou ainda pior, um mundo onde eu não tenha visto o piloto de Luck, a série que o Dustin Hoffman fez pra ele mesmo! Sabe, eu só vi um episódio e já acho sensacional! Quase comprei um cavalo! Só não comprei porque ele não está naquela lista, que é mais importante…

Sabe… IMAGINEM UM MUNDO, ONDE ESSE SITE SÓ VAI TER MATÉRIAS SOBRE TELEVISÃO ABERTA, TODOS OS DIAS! VOCÊS NÃO ESTÃO ENTENDENDO! NO DIA DE PROTESTO, NESSA SEGUNDA-FEIRA, EU TIVE QUE FAZER A REVIEW DA NOVELA DAS 8! NUM DOMINGO!

ESSE NÃO É O MUNDO EM QUE EU QUERO VIVER!! (apesar de que eu corri pra reservar essa review pra mim assim que decidiram o rolê do protesto)

O problema com toda essa manifestação é que os argumentos das empresas é que ‘vocês estão pirateando propriedade particular’, e o argumento dos cidadãos inocentes é que ‘o compartilhamento de informações deveria ser infinito e liberado geral’. Mas a verdade é que eles cobram caro demais e a gente curte muito ter tudo de graça. Ponto final! É só admitir, gente, não precisa ficar com vergonha.

A pergunta, de verdade, é: POR QUE DIABOS ELES NÃO COBRAM PREÇOS QUE ELES SABEM QUE A GENTE PODE PAGAR???

Mas eles cobram uma surra de dinheiro… e eles demoram demais pra lançar as coisas à venda. E é basicamente por isso que a gente baixa tantas coisas…

Então, não tenha vergonha de admitir que você está morrendo de medo de que eles te prendam por assistir How I Met Your Mother só depois de passar pelo Pirate Bay. Vá lá fora e grite para todo mundo ouvir que você quer ver o que quiser, na hora que quiser e quer que seja tão grátis quanto o ar que você respira ou aquele disco do Radiohead.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!