Masterchef Brasil 3×13 — Samba no chocolate

Toda semana tem polêmica em Masterchef Brasil e em Samba no chocolate não foi diferente.

Quem grita mais alto é a comida.” CAROSELLA, Paola

No mundo televisivo a audiência para um programa de TV é algo essencial, um programa sem audiência não dura muito, ainda mais na TV aberta. Masterchef Brasil demorou, mas engrenou. Nas ultimas semanas o programa tem alcançado bons números. O grande problema é que às vezes o público cansa, ainda mais se não há nenhuma alteração visível da dinâmica apresentada. O ponto em que quero chegar é que a única coisa que consigo pensar é que ainda faltam pelo menos 10 programas até a final e que para todos eles sejam no mínimo bons ainda falta muito.

Vamos de fato ao que interessa.

1º Prova

Para esta prova de equipe somos introduzidos ao cenário maravilhoso da cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro onde os participantes teriam que fazer um churrasco para 100 integrantes da velha guarda da escola de samba Portela.

Equipe Amarela: Gleice(Capitã), Rodrigo, Luriana, Paula, Bruna, Lee e Raquel.

Equipe Vermelha: Fernando(Capitão), Fábio, Leo, Thaiana, Pedro, Vanessa, Aluísio.

Já no início da prova, Fernando mostra ter voltado para a competição com a cabeça entregue ao jogo, ele coordena sua equipe de eficaz e focada, sempre se comunicando com todos. Do outro lado, Gleice mostra mais uma vez sua falta de experiência e, isso se vê em todas as vezes em que um dos três chefes vem falar com ela sobre suas escolhas, ela se atrapalha em todas as perguntas dos chefes.

Apesar da ansiedade e o forte calor presente na quadra da escola, os participantes conseguiram entregar todos os pratos e satisfazer os convidados, a disputa foi bem acirrada, pois o vencedor ganhou com apenas 3 votos de diferença, e foi a equipe vermelha pela primeira vez ganhou uma prova e justo com liderança de Fernando que acabou de voltar para a competição.

Prova de Eliminação

Uma sobremesa que o visual é tão importante quanto o sabor, a trufa, e justamente na frente de Alexandre Tadeu da Costa, o presidente da Cacau Show. Esse é o tipo de prova que costuma limar o candidato que não é dotado de muita técnica, o cara que chegou até na competição por puro esforço, insistência e talento, e mais uma vez foi o que aconteceu.

Antes da avaliação dos jurados, o chefe convidado Alexandre Tadeu da costa, teve de escolher o vencedor da prova, que foi Luriana.

Prato a prato

Paola: Trufas de Abóbora, Tangerina e capim limão com cachaça.

Não conseguiu atingir a textura necessária, os sabores estavam agradáveis.

Bruna: Trufas de Margarita, Macadâmia e raiz forte.

Talvez a que mais tenha ousado, apresentou uma trufa de Margarita, porém exagerou no tamanho desproporcional de suas trufas.

Rodrigo: Trufas de Chocolate Amargo, Pasta de Avelã e beijinho.

Nem sequer o que ele apresentou eram trufas, não sabia como executar a sobremesa e trabalhou pouco e não teve nem ao menos criatividade.

Lee: Trufas de cachaça, limão galego e chocolate.

Ousou bastante, não acrescentou creme de leite no ganache em que utilizou água, quase uma heresia, mas deita com sabedoria, sua trufa de cachaça tinha uma quantidade excessiva de álcool.

Gleice: Trufas de frutas vermelhas, limão com hortelã e coco.

Não soube trabalhar o chocolate, apresentou seu prato de forma grosseira e quase ilegível.

Raquel: Trufas de Laranja com tomilho, frutas vermelhas e tangerina com anis.

Havia uma certa coerência de padrão em suas trufas, tanto de gosto quanto de sabor, razoável.

Essa prova foi um completo desastre e utilizando um gíria de cozinha, os cozinheiros ‘sambaram’ no chocolate, não houve nenhum trufa que se destacou das demais, ninguém merecia ganhar a prova, porém Lee, Paula, Raquel e Bruna foram os que subiram diretamente para o mezanino e se salvaram da eliminação.

A disputa pela porta de saída ficou entre Gleice e Rodrigo, os dois que pior cozinharam na noite de hoje. Gleice, que voltou com a mesma mentalidade do dia em que saiu e Rodrigo, que até ele apresentar seu prato na frente dos jurados ninguém o nota.Por falta de evolução nas técnicas de trabalho, o processo de trabalho, criatividade e má apresentação, Rodrigo deixou a competição.

rodrigo

A polêmica de hoje é a seguinte, por que Rodrigo saiu se o prato da Gleice estava aparentemente pior que o dele? Isso é simples de responder, o que foi apresentado por Rodrigo não era uma trufa, ele apenas envolveu avelã em chocolate derretido, não trabalhou os ingredientes e nem sequer temperou o chocolate. Todos sabemos que Gleice é muito mais limitada que os outros participantes, mas que a danada tem sorte tem.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!