Mesmo após ser eliminado, Daniel mostra que não entendeu o jogo.

Ele foi eliminado com 53% em um paredão épico! Conversamos com Daniel, o terceiro eliminado do BBB16.

Noite chuvosa no Rio. Poucos jornalistas no Projac para acompanhar os momentos finais do potencial maior paredão desta edição do Big Brother Brasil, em seu décimo sexto ano.

A chuva não deu trégua, imitando o julgamento de Daniel sobre Ronan — um dos fortes motivos de sua eliminação.

Era difícil entender se o paulista/carioca estava sereno ou confuso. A certeza é de que estava fechado em suas opiniões.

Falou sobre o jogo dos outros e suas inseguranças. Assumiu que entende a expectativa do público, que anseia por uma competição polêmica — o público, nunca ele. Colocou a culpa de sua saída na audiência. “Meu jeito de ser talvez não tenha agradado. Talvez eu não seja tão essencial como alguém que faz polêmica.”, disse.

Em seus primeiros minutos pós BBB, reproduziu grande parte de seu comportamento dentro da casa. Julgou (apesar de negar) e se fez de vítima. O bom moço injustiçado.

Ainda sentindo o baque da derrota, se perdia em suas respostas. “Qual era a pergunta mesmo?” questiona o brother após opinar sobre jogadas suas e de seus companheiros de confinamento. “Estou meio aéreo, desculpe!”

O empresário se mostrou convicto de tudo que fez. E disse que não faria nada diferente.

De coração aparentemente aberto, disse que conversaria com Ronan aqui fora, no pós-BBB. “Acho que foi muito pouco tempo para julgar quem tá lá dentro.”, contou. “Não acho que existe uma pessoa boa ou uma pessoa ruim. Eu só não concordo com o estilo de jogo que ele faz.”

Quando errei, errei sendo eu mesmo.” — DANIEL

Independentemente do resultado, Daniel confessou que passou o dia tranquilo quanto ao embate. Espera ter sido coerente com ele mesmo. Ainda acredita que foi eliminado por Ronan ser um personagem mais interessante para o programa.

Sobe a divisão da casa em grupos, assumiu que não vê o resultado do paredão como uma definição sobre qual lado estaria certo. “Acho que é mais pela polêmica. Não tive nenhuma resposta. A resposta é comigo mesmo.”

Sem resposta, mas com muitas perguntas!

Daniel não se fecha às possibilidades e pretende digerir tudo antes de tomar decisões sobre sua vida pessoal e profissional. Quanto aos relacionamentos, vai conversar com a recente namorada que o espera. Já no lado profissional, não descarta a vida artística. Sabiamente disse que precisa ver a repercussão de sua participação antes de tomar decisões. Entender como o público o vê.

Meu objetivo era realmente ganhar o prêmio. R$1,5 mi resolveria minha vida financeira.” — DANIEL

Os rumos do jogo

Daniel, como todos nós, não sabe como a casa vai se comportar com o resultado deste paredão. Mas arrisca um palpite: “Se continuar na linha que tá, dos personagens, acredito que ainda vai ter muita polêmica e coisa para acontecer.” E ainda completa: “Não acho que a minha saída vá influenciar em alguma coisa.”

Apesar das recentes derrotas de seu time para Ana e Ronan, Daniel acha que eles não têm perfil que garanta o prêmio. “Isso tem prazo de validade.”, conta referindo-se ao julgamento do público sobre o temperamento de seus concorrentes mais fortes.

Para ele, quem tem mais chance de ganhar é Juliana, Renan, Tamiel ou Adélia, as pessoas de quem ficou mais próximo.

Em recentes entrevistas, a mãe de Daniel comentou sobre o perigo que Munik representava ao jogo dele. Mas para Daniel, quem decide os rumos do jogo é o público. O empresário parece não ter percebido que a falta de empatia com a jovem morena selou seu rumo no jogo. Disse o mesmo sobre os leva-e-traz de Matheus.

Quem vai poder julgar ele, melhor do que eu, é o público.” — DANIEL

As polêmicas

Vários momentos controversos marcaram a passagem de Daniel pela casa. Mas dois deles repercutiram muito: um comentário infeliz sobre nordestinos, que ele revelou ser uma má interpretação, e o possível protagonismo de uma masturbação, que ele negou prontamente.

Quando lhe perguntaram se imaginava que Renan pudesse ser gay, disse que nunca imaginou, mas que não teria problema algum. O público das redes sociais percebeu que a namorada de Daniel não compareceu ao paredão. O ex-brother se mostrou surpreso com a possibilidade de sua mãe tê-la proibido de participar.

Quanto a sua participação em A Ilha da Sedução, reality do qual fez parte em 2002, contou que as duas experiências são completamente diferentes. “Esse programa [BBB] é uma coisa que não fazia ideia do quão forte emocionalmente é. Deixa você sempre em seu limite.”

Meu lado sedutor é meio que mais ou menos, não existe!” — DANIEL

Defendeu seu ponto de vista na briga entre Ana Paula e Laércio. Confessou que nem imagina o motivo de Laércio ter sido eliminado, alegando que é difícil saber o que todo mundo faz na casa. Mal sabe ele que o comportamento de Laércio fora da casa foi o que mais prejudicou o barbudo.

“Acusar alguém de pedofilia é algo muito grave. É o pior crime que existe.”, disse. O brother ainda insistiu na tecla de que deu à Ana Paula a oportunidade para ela se desculpar com Laércio, como se ele fosse o juiz do jogo.

Tem algumas coisas que a gente (Láercio) pensa parecido.” — DANIEL

Ao ouvir de um dos jornalistas que Laércio foi prejudicado por acusações públicas fora da casa, soltou um “Quem sou eu para julgar alguém!” Até soa engraçado, se considerarmos sua postura durante todo o reality.

DaniEU, ou Deusniel, só deve começar a processar o jogo agora, com informações como estas que estão chegando ao poucos. Quem sabe ele perceberá que seu principal erro foi a soberba.

Saio com um prêmio muito maior que é valorizar ainda mais a minha vida aqui fora.” — DANIEL

Entrevista: Leo Sousa

Texto: Caio Fochetto.

Crédito de Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!