Mulher Maravilha rouba cena em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça

Crítica: Confronto de Batman vs Superman chega aos cinemas e o destaque fica na estreia de sua coadjuvante, a Mulher Maravilha.

Esperamos há 75 anos pela chegada de uma das personagens mais fortes dos quadrinhos ao cinema!

Batman (Ben Affleck) e Superman (Henry Cavill) podem até protagonizar o título, mas quem rouba a cena é Diana (Gal Gadot). Renegada às séries de TV, a Mulher Maravilha despontou nas telonas como coadjuvante.

Só isso já é suficiente para deixar qualquer feminista brava. E fãs dos quadrinhos também, independente do sexo!!! Como uma personagem única demora tanto para chegar aos cinemas, e ainda faz seu debut no filme dos outros???

O primeiro longa solo da personagem deverá chegar ano que vem, no dia 23 de julho. Mas podemos dizer que ela já teve uma boa recepção. Se Batman vs Superman: A Origem da Justiça arranca aplausos de seus fãs, isso só acontece quando a princesa amazona se envolve no confronto do século.

Verdade seja dita: após tantos trailers, sneak peeks e vídeos exclusivos, não há muito o que mostrar neste segundo capítulo do universo cinematográfico da DC. Tem mais hype que filme. É até louvável que a marca tenha despertado para a necessidade de entrelaçar seus longas e criar uma aventura sequencial. Os fãs pedem por isso.

Confronto de Batman vs Superman chega aos cinemas e o destaque fica na estreia de sua coadjuvante, a Mulher Maravilha.

A impressão que fica é de que tentaram ganhar tempo cortando origens, mas se atropelaram com um belo batmóvel. Batman Vs Superman é robusto como o veículo do homem morcego. Como todo carro pesado, demora a ganhar velocidade. Mas quando atinge seu ponto forte, fica difícil fazê-lo parar. Serve muito bem como uma introdução, daquelas provocam e pouco contam.

Delírios futuristas, teaser dos novos personagens, e até a falta de um final conclusivo… Tudo isso está lá e faz a história demorar a arrancar. Na tentativa de conectar os próximos episódios os produtores acabaram perdendo a oportunidade de contar e se aprofundar neste. O próprio embate que dá título ao filme acaba sendo curto, diante da quantidade de eventos que ele traz.

Um ponto forte desta nova história é a poesia com a qual reapresentam o passado de Bruce Wayne, que deverá ganhar filme solo no futuro — evitando mais um longa (ou longa-lenga?) de origem. Poucos novos elementos são trazidos ao cavaleiro das trevas. O destaque está na bela armadura para enfrentar o homem de aço, inspirada na arte de Frank Miller em Cavaleiro das Trevas.

Os roteiristas Chris Terrio e David S. Goyer souberam beber desta fonte e talvez por isso Miller seja o primeiro na lista de agradecimentos. Não é de menos, já que foi por suas mãos que a DC apresentou ao mundo o mais clássico confronto de seu universo. Quem leu o TDK reconhecerá muito mais do que a armadura do morcegão.

Ainda assim, o personagem se perde em seu uniforme, fica pequeno e tímido na pele de Ben Affleck. Difícil a tarefa de substituir Christian Bale. A verdade é que o Batman de Bale e Christopher Nolan era muito mais soturno, profundo e implacável. Ao que parece Ben Affleck tem o dom de enfraquecer personagens que Miller soube engrandecer.

Nesta trindade heróica nenhum ator tem grandes habilidades profissionais. Cabe dizer que Henry e Gal enchem os olhos perfeitamente. Se você procura defender o filme por suas belas atuações, ainda pode contar com o mínimo serviço de Amy Adams, a apaixonante Lois Lane, e o exagerado Jesse Eisenberg — que por alguns momentos até parece estar interpretando o Coringa, e não Lex Luthor. Sua psicose e trejeitos vão ao extremo.

Com pontos de virada interessantes e uma expansão mitológica um tanto confusa, já mostrando outros meta-humanos que formarão a Liga da Justiça, Batman vs Superman: A Origem da Justiça cativa por reunir os mais elementares heróis da humanidade. Você vai gostar do filme, afinal Batman e Superman são os primeiros heróis que você conheceu.

Mas quem dera o filme fosse tão poderoso quanto um confronto entre o Homem Morcego e o Homem de Aço deveria ser.

[taq_review]

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

VIDEOCAST

David Yates, diretor de Animais Fantásticos 2, fez uma declaração no mínimo insensível.

Você com certeza já esqueceu uma série no Churrasco. Será que não!? Assista e descubra.

Todas as emoções da Spoiler Night da CCXP 2017. veja agora!