Nasce um novo thriller de espionagem no AMC, The Night Manager

The Night Manager é o novo thriller de espionagem da AMC que encantará os fãs do gênero.

Esta segunda, 22 de fevereiro, marcará o nascimento e um novo thriller de espionagem na tv. É The Night Manager, drama que terá seis episódios inéditos exibidos semanalmente, às 22h30, no canal AMC.

A minissérie é baseada no best seller de John le Carré. Se este grande nome não for suficiente, a trama ainda conta com o saudoso e eterno Dr. House, Hugh Laurie, e Tom Hiddleston, de Os Vingadores.

Segue o clima de filmes clássicos de espionagem e pode conquistar espaço no coração daqueles que sentem saudades das primeiras temporadas de Homeland. Enigmática, a cada momento a trama revela informações importantes que vão construindo uma linha de ação e tempo na cabeça da audiência.

Você torce não apenas para que o protagonista resista e desmantele o esquema corrupto dos antagonistas, mas também para entender seus motivos de se infiltrar num sistema tão perigoso. Tudo vem aos poucos e por isso é viciante.

A história começa em 2011, durante a revolta popular no Cairo, que culminou com a renúncia do Presidente Hosni Mubarak, já no poder há trinta anos, até então. É neste cenário conturbado que conhecemos Jonathan Pine (Hiddleston), o gerente hoteleiro do turno da noite.

Mas Pine não é só um gerente. Carrega as experiências da guerra como ex-soldado britânico que batalhou no Iraque. Sentiu na pele o poder destrutivo das armas e decidiu acompanhar as ações do empresário hoteleiro e humanitário Richard Oslow Roper (Laurie) para tentar impedi-lo, com suas próprias razões e mistérios.

Mas qual a necessidade de impedir um humanitário? Roper não é exatamente o que parece. Em uma noite conturbada o gerente noturno recebe informações que comprovam o envolvimento de Roper com o tráfico de armas. Na tentativa frustrada de proteger sua fonte, Pine acaba por ver toda inteligência que reuniu escorrer como sangue. Há um infiltrado na inteligência britânica.

The-Night-Manager-Olivia-Colman

Anos mais tarde, em um novo hotel na Suíça, Pine recebe Roper como hóspede do hotel. É a primeira vez que se encontram. Já recrutado por Angela Burr (Olivia Colman), o gerente noturno deverá se esforçar para entrar no círculo íntimo de Roper e destruir a aliança construída por ele entre o serviço de inteligência e a rede de tráfico de armas.

Burr, a chefe das operações, sabe que Roper é um traficante de armas do tipo mais sujo. E que ele está ganhando fortunas com a morte das pessoas, a miséria e a pobreza. Ela está determinada a derruba-lo, assim escala Pine, sabendo que, com o seu nível de charme, sofisticação e inteligência, ele seria capaz de se infiltrar no círculo de Roper.

Acho que ele [Pine] é a sua grande esperança. Finalmente, ela havia encontrado alguém que poderia pôr fim a todo esse horror. Tentar derrubar pessoas como Roper é a sua razão de ser e, pela primeira vez, ela encontrou um homem em quem ela realmente conta e se sente muito maternal em relação a ele. Ela quer cuidar dele, ela o colocou nessa situação perigosa e vai fazer qualquer coisa para se certificar de que ele esteja OK.” COLMAN, Olivia

Jed Marshal e Roper chegam à Suiça.

A tarefa não será fácil e Jonathan parece não ter estômago para isso. Terá que suportar as suspeitas do assistente de Roper, o major Corkoran (Tom Hollander), e a sedução de sua namorada, Jed (Elizabeth Debicki).

Richard Roper é descrito no livro como o pior homem no mundo. Ele é um traficante de armas bilionário e o que é interessante é que ele exala uma incrível combinação de carisma e escuridão com uma ambiguidade moral muito escura que deixa Jonathan completamente intrigado… Acho a relação entre eles fascinante. É uma espécie de relacionamento de pai e filho, que nenhum deles pensa ou prevê que possa acontecer e então vemos isso se desenrolar”. DEBICKI, Elizabeth

Os olhos mais atentos ainda poderão ver o próprio le Carré na série, já que ele fez uma ponta durante as gravações. O momento foi especial não apenas para o autor, mas também para o elenco. Tom Hollander define o momento como “Encantador”. Para Hollander, le Carré foi um extra na adaptação televisiva de seu próprio livro, dando a ele o privilégio de conhecer o autor.

A cena em que ele estava presente era realmente a melhor cena de Corkoran — é uma cena na qual Corkoran comporta- se muito mal em um restaurante, que em última análise significaria sua queda. Ele faz um tremendo escândalo, que foi divertido filmar — passamos o dia inteiro naquela cena e em momento algum foi chato”. HOLLANDER, Tom

Corkoran, auxiliar de vilão.

A minissérie é produzida por John le Carré, Simon Cornwell, Stephen Cornwell e Stephen Garrett. O roteirista David Farr também colabora como produtor executivo e Susanne Bier, premiada com um Oscar, é a diretora. The Night Manager é uma coprodução AMC, BBC One e The Ink Factory.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER