O Apaixonante Como Eu Era Antes de Você

Como Eu Era Antes de Você, a adaptação do romance da autora Jojo Moyes, nos faz rir e chorar durante duas horas.

Histórias de amor são capazes de levar plateias do mundo inteiro a se apaixonar e também se emocionar nas salas de cinema. Foi assim com os clássicos E O Vento Levou, Casablanca, Titanic e nos últimos anos com os sucessos de adaptações de livros, como A Culpa é das Estrelas, Um Amor para Recordar, Simplesmente Acontece, Um dia e o mais recente Como Eu Era Antes de Você.

A história é sobre o romance entre Will (Sam Claflin), um rico e bem-sucedido jovem empresário, que sofre um grave acidente ao sair apressado para o trabalho e Louisa (Emilia Clarke), uma jovem ingênua e tagarela que precisa trabalhar para ajudar sua pobre família e como eles acabaram se encontrando quando ela aceita o emprego para cuidar dele, agora tetraplégico.

Muitos até podem achar que o roteiro assinado pela Jojo Moyes, a autora do livro, seja simples e de grande apelo sentimental, devido a deficiência do personagem principal. Talvez o que os mais críticos reclamem é que a autora deixou de lado os problemas mais graves para dar mais enfoque ao relacionamento amoroso do casal. A autora nos entrega um relacionamento sincero, tocante e que é idealizado por todos que acreditam no verdadeiro amor.

Marcando sua estreia na direção, a inglesa Thea Sharrock consegue trazer para as telas essa fábula de um amor impossível, de uma maneira tão leve, divertida e que consegue envolver a plateia do começo ao fim. Se você acha que vai encontrar um melodrama digno de novelas mexicanas, preparem-se para serem surpreendidos, pois a maneira que a diretora e a autora escolheram para narrar a historia é bem mais superficial e raso, o que torna um deleite para a plateia.

Um dos maiores acertos do filme é, com certeza, o seu elenco, a começar pelo casal principal vivido por Sam Clafflin (Jogos Vorazes e Simplesmente Acontece) e Emilia Clarke (do péssimo O Exterminador do Futuro: A Salvação e da aclamada série, Game of Thrones), que mal surgem em tela e já podemos ver a química que ambos tem quando estão juntos, e claro que isso facilita ainda mais a torcida do público para a união do casal.

Claffin consegue captar realmente como os fãs imaginavam que o Will seria: um jovem tetraplégico arrogante, soberbo e que não tem a menor vontade de dar uma nova oportunidade para a vida. Talvez seja o melhor papel até o momento da carreira de Sam Claffin, pois mesmo tendo um roteiro um pouco limitado, ele consegue nos entregar uma ótima atuação.

Mas sem sombra de dúvidas, quem rouba toda a atenção do filme, é a atriz Emilia Clark, com sua destrambelhada e apaixonante, Louisa Clark. A atriz consegue captar a verdadeira alma de sua personagem e nos entrega os melhores momentos do longa, afinal em meio a tragédia, Lou consegue enxergar a beleza e a felicidade em sua frente. Com certeza, para quem era apenas reconhecida como a Daenerys, de Game of Thrones, vai se surpreender com o trabalho dessa promissora atriz.

Quem também chama a atenção no elenco, é o ator Matthew Lewis, conhecido mundialmente por ter interpretado Neville Longbottom na saga Harry Potter, aqui interpreta a “mala sem alça” do namorado de Louisa.

Na parte técnica, a fotografia, a trilha sonora e a direção de arte estão dando um show a parte. A fotografia consegue retratar bem os opostos de seus personagens, na direção de arte que conseguiu captar a alma dos cenários principais e sobre a trilha, é preciso dizer que é uma das melhores desse ano. Os dois temas que merecem o destaque ficam pela linda Photograph, do Ed Sheeran e a da canção original, que arrisco dizer que veremos no Oscar 2017, Not Today, da banda Imagine Dragons.

Como Eu Era Antes de Você é um dos filmes mais românticos que você vai assistir nesse ano nos cinemas, entrega o que lhe é prometido e consegue abrir um grande debate sobre o uso indevido do celular em locais inapropriados.

Então separe os lenços e prepare-se para chorar por quase 2h nessa comovente história de amor.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A história dos bastidores do livro/filme IT podem ser tão bizarras quanto a narrativa. Assista!

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER