Os esnobados pelo Emmy

Com o anúncio dos indicados a qualquer prêmio, sempre há muitas críticas por aqueles que foram esquecidos e com o Emmy não poderia ser diferente.

Obviamente, este ano, há muitas razões para comemorar — a indicação de Kyle Chandler de Friday Night Lights pela primeira vez, assim como o reconhecimento dos novatos Chris Colfer (Glee), Sofia Vergara (Modern Family) e Julianna Margulies (The Good Wife) — mas isso não foi suficiente para aplacar a fúria de alguns fãs.

Entre os leitores do Box, percebi que os mais furiosos são os fãs de Grey’s Anatomy, que não se conformam com o esquecimento depois daquele season finale (se bem que, em minha modesta opinião, a temporada foi bastante irregular e um bom final não é o suficiente), mas vamos olhar os outros casos que também chamam a atenção, como o de Vanessa Williams.

Eu até entendo que a “taça” de Melhor Atriz Coadjuvante/Melhor Bitch já esteja com o nome de Jane Lynch (a Sue Sylvester) gravado nela, mas será que Vanessa não merecia ao menos uma indicação depois de dar vida a incansável editora Wilhelmina Slater por quatro anos em Ugly Betty?! Uma mulher que consegue fazer as pessoas gostarem de uma personagem que diz coisas do tipo “Meu momento favorito do dia é jogar fora o meu muffin de café da manhã na frente de um sem-teto”?!

E a esnobada que Tate Donovan recebeu depois de uma temporada incrível, que girou em torno de seu personagem, em Damages? Tudo bem que ele não é um grande nome como Martin Short ou Glenn Close, mas ele merecia demais essa indicação.

Outro que foi injustiçado por não ser “o nome do elenco” foi Josh Holloway. Ele foi uma das melhores coisas da última temporada de Lost — e porque não dizer, da série — e foi deixado de fora, enquanto o insosso Matthew Fox ganhou um lugar ao sol simplesmente porque era o “astro” da série, o salvador da pátria, ou melhor, da ilha. Blergh!

Agora falando das séries, cadê Parks & Recreation na lista de Melhor Comédia? Confesso que não assisto a série (ainda), mas tudo que ouço falar é que, depois de um começo tortuoso, a série encontrou o seu tom é uma das mais divertidas e consistentes da TV e isso são duas coisas que a indicada The Office deixou de ser há umas duas temporadas…

Já na categoria drama, uma das estreantes mais comentadas também foi uma surpresa ao não receber uma indicação: Justified do canal FX, série inspirada na obra do grande Elmore Leonard (Los Angeles: Cidade Proibida) surpreendentemente não conseguiu seu espaço na lista de Melhor Drama, assim como suas colegas de emissora Damages e Sons of Anarchy, outras duas séries que tiveram uma excelente temporada. Séra um preconceito com a emissora?

No final das contas, os motivos pouco importam… E a discussão está apenas começando, porque quando o dia da festa chegar e conhecermos os ganhadores, vai começar tudo de novo… Enquanto isso, você pode se entreter com a nossa premiação, igualmente polêmica, porém muito mais divertida, o Lisa Rinna Awards e o Golden Box, clicando aqui!

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!