PLL 5×25 — Welcome to the Dollhouse [Season Finale]

You’re not here alone anymore. There are five of ours, and one of him, her, it, bitch.” MARIN, Hanna.

Sim, Pretty Little Liars. Tá vendo que você consegue entregar um negócio bem feito? Uma coisa coesa e que satisfaça as nossas ânsias (de quem já tava ligado de que não seria a revelação da cara de A- mas sim de alguma grande coisa sobre) sem precisar enrolar pra nos dar algumas respostas? Tá vendo que não precisa criar tantos furos de roteiro pra criar impacto, sendo que se perde no meio do caminho? Tá vendo que essa poderia ter sido uma temporada gloriosa, mas que só foi salva nos últimos minutos da prorrogação? Agora que já pus pra fora essa pequena observação preciso dizer que:

Yaaaaaaaaaaaaaaaaas! Mona is back bitches. Eu sempre tive minhas dúvidas de que ela estivesse realmente morta. Mas Pretty Little Liars geralmente não mostra um cadáver pra depois mostrar que a pessoa tá viva. Nem que essa pessoa seja das melhores coisas que já aconteceram nessa série. Janel, como sempre, estava impecável. Agora que Mona tá viva e presa na Dollhouse da Polly em tamanho real de A-, bem que poderíamos ter as seis maiores mentirosas dessa série como um grupo só. Eu acharia isso maravilhoso.

Queria que Alison tivesse sido sequestrada junto com as garotas. Até porque não faz sentido Hanna ter sido transferida pra penitenciária em outro lugar e ela continuar em Rosewood né? Mas, essas coisas, a gente releva em Pretty Little Liars. Até porque, se não fosse pela Blonde Bitch, os pais de Spencer nunca enxergariam o que sempre esteve na cara: A- nunca foi embora. Só mudou a forma de jogar. Acho que uma das melhores coisas do episódio foi a interação dos pais e dos namorados (Emily Forever Alone não teve cota nem de pais nem de namoradas no episódio) na busca por pistas de A-. Se a série tivesse feito isso antes, aposto que renderiam episódios muito melhores.

pll525

Foi agoniante ver o grau de loucura de A-. Primeiro de tudo: quanto dinheiro que ele não deve ter gasto para construir aquele cativeiro pras meninas? Tudo sistematizado, automático e reproduzido fielmente que só não me assusta mais porque eu tô vendo uma obra de ficção. Segundo: não gostei da insinuação de que Andrew pode ser Charles por motivos de: por que caralhos aquele moleque seria A-??? Preferia que fosse um gêmeo igual, já que é pra ser gêmeo. (Minhas esperanças de ver a Courtney ainda não morreram). Terceiro: Esse tal de Charles DiLaurentis precisa me mostrar ao que veio pra eu poder apreciar essa informação; ainda está tudo muito perdido no espaço sobre essa revelação, mas acho que de alguma forma esse vai ser o gás pra quando a série voltar. E quarto: Não vou aguentar até a finale da 6A pra ver qual é a cara de A-.

Ver Tanner pagar a língua foi um prazer a parte. Adorei ver a cara dela quando ela finalmente viu que a) Mona não morreu e b) as meninas tinham mesmo sido sequestradas. Vê-la dando o braço a torcer a Caleb também foi maravilhoso. Por mais momentos em que a série saiba compensar os lutadores que ainda não desistiu dos nós no cérebro criado por essa equipe de roteiristas troll. Já rolou tanta enrolada nessa série desde a terceira temporada (quando esse A- assume) que eu nem comento mais o quanto eu tô perdido nas pistas.

Só de saber que vamos voltar às origens da série e ter vinte episódios na temporada eu já fico feliz. São menos cinco episódios de enrolação. E se a última só tiver 13 e com um esforço da equipe, será maravilhosa a forma de encerramento. Que nem Glee foi. Acho que Pretty Little Liars é capaz. Esse episódio só comprova isso. Marlene King só precisa nos fazer parar de correr atrás do nosso próprio rabo.

Eu não sei se esse episódio superou minhas expectativas. Também não sei, depois de assistí-lo por duas vezes, se ainda gosto mais da finale da segunda temporada. Mas o que eu sei é que pela segunda vez na história da série, foi entregado a nós que assistimos uma grande resposta verdadeira, e não mais um monte de bosta em forma de resposta como foram os casos de Toby e Ezra. (Se bem que eu ainda acho que eles iam colocar Ezra como A-, mas voltaram atrás por causa da fanbase desesperada de Ezria. Seria muito foda se fosse verdade).

Quem não gostou desse episódio, provavelmente esperava que fosse ver a cara de A- como aconteceu com Mona lá no início. Mas venhamos, esse cliffhanger das cinco Liars (sim, já considero que Moninha pode sim sentar com as garotas e vestir rosa às quartas) do lado de fora da caverna quase base militar de A-, no meio do nada, com toda certeza te deixou curioso pra saber o que vem por aí. Né não?

Então que venha o verão no hemisfério norte, e com ele a volta das nossas mentirosinhas prediletas.

P.S.: Eu considero sim que Marlene cumpriu o que prometeu. Ela deu a grande revelação sobre A-. Disse seu nome, praticamente contou que era irmão da Alison e tudo o mais. Mas sempre tem gente que vai achar que eu tô aqui pra falar só bem da série, o que não é verdade. Quem já leu minhas reviews desde que eu assumi já percebeu isso. O que acontece é que eu particularmente já esperava uma trollada. Então eu já tava safo pra isso acontecer. Só lamento por quem acreditou que viveríamos um deja vú da segunda temporada. Os tempos mudaram e a Marleninha tá se achando a esperta do universo. Então, se você não concorda com o que eu achei do episódio: o choro é livre.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER