RPDR All Stars 2×02 — All Stars Snatch Game

Episódio cheio de tensões traz a despedida prematura de participante em noite de Snatch Game no RPDR All Stars.

Trazer o Snatch Game para a segunda temporada de All Stars significa uma oportunidade de vermos um quadro já clássico como um termômetro para medirmos o quanto as competidoras evoluíram desde que participaram em suas respectivas temporadas.

A grande e agradável surpresa é que a maioria das competidoras demonstraram bom desempenho, mesmo com personagens que não sejam necessariamente do mainstream (Theresa Caputo, Nancy Grace e Tammy Faye) ou que venham de personalidades clássicas (Joan Crawford e May West). Já quem decidiu apostar em figuras mais populares viu seu desempenho no desafio principal afundar.

No quesito caracterização, Alyssa e Alaska dominaram o Snatch Game, mostrando que não é preciso sabermos quem elas estão retratando para rirmos com as caricaturas que fazem. Seguindo bem de perto, Katya fez a escolha certa em interpretar Bjork, podendo explorar ainda mais seu humor fora do comum.

Enquanto isso, Detox, Ginger Minj e Phi Phi fizeram interpretações medianas, com Detox tendo um desempenho um pouco melhor do que as demais, aproveitando as oportunidades que lhe eram dadas. Essa perspicácia foi justamente o que faltou em Roxxxy e Tatianna, que acertaram na caracterização visual, mas pecaram em interpretação.

RPDR All Stars S02E02 - All Stars Snatch Game (2)

Na passarela, as participantes tiveram que apresentar visuais feitos de látex. Para esta parte, Detox trouxe um visual que redimiu seu desempenho fraco no Snatch Game, e por isso sua ida ao bottom three soa injusta e, acima de tudo, manipulada para incrementar as tensões do episódio que coroou Alaska como a vencedora.

E por falar nela, seu desempenho na passarela também foi muito bom. O corte no vestido somada a maquiagem e a peruca com um corte fora do habitual para Alaska fizeram com que a composição se destacasse dentre as demais.

Roxxxy, Phi Phi e Ginger apresentaram peças simples demais, e enquanto Roxxxy acabou por ocupar uma vaga dentre as piores da semana, o mesmo poderia ter acontecido com Phi Phi e Ginger, sem problema. Não que Tatianna também não merecesse estar lá, pois as críticas dos jurados sobre seu desempenho como um todo foram as mais acertadas e contundentes. Apesar de bonita, Tatianna pecou por se apresentar de forma simples demais, o que fez com que seu visual fosse ofuscado por suas competidoras.

Enquanto isso, Katya veio à passarela para mostrar que é possível ser fiel à sua estética sem que isso prejudique seu desempenho. Com um corte diferente e ousando nas cores, Katya se destaca e surpreende os jurados garantindo a segunda vaga dentre as melhores do episódio.

Mas se há uma crítica a ser feita, é que a troca de roupa por uma que permitisse uma liberdade maior de movimentos deixa claro que ela não pensou em seu figurino considerando a dublagem e, ao trocá-lo, Katya o desmerece, principalmente porque o novo figurino é feito de um tecido diferente do látex, e isso faz total diferença no que diz respeito a equidade de possibilidades entre ela e Alaska durante a dublagem.

No fim das contas, o número das duas ao som de Le Freak foi morno. Mesmo com Katya trocando de roupa e Alaska utilizando uma tesoura para se livrar da sua, ambas pareciam não estar dando o máximo de si, ou que ao menos fizesse jus ao que é uma dublagem entre All Stars.

Falando agora sobre toda a situação envolvendo Adore Delano. Ela fez uma boa escolha ao abandonar o programa para poupar sua sanidade mental. Quem ouve o que acontece nos bastidores sabe o quanto a produção explora a fragilidade das participantes para fazer com que elas rendam dramas na frente das câmeras, poupar-se significa não ser conivente com certas práticas obscuras da produção de Drag Race.

Porém, não deixa de ser criticável o fato de que Adore topou participar sabendo exatamente o que a esperava. Há a impressão de que, assim como na sexta temporada, seu carisma daria conta das críticas que iria receber. Ela poderia ao menos ter permanecido neste episódio para provar aos jurados que eles estão errados sobre ela. Sua participação no Snatch Game na sexta temporada foi uma das melhores e Adore com certeza arrancaria elogios usando peças em látex.

Michelle Visage realmente pegou um pouco mais pesado com ela no episódio de estreia, mas a crítica é justamente do tamanho de seu potencial e do alcance que Adore possui atualmente. Charme e carisma são caraterísticas marcantes de Adore que a tornaram querida do público, mas por já ter tido uma experiência em Drag Race, apostar na ingenuidade é incabível em uma temporada All Stars. E este é um aviso que vale não só para ela, como para todas as competidoras.

O que você achou da eliminação? Que vingança seria essa proposta a Tatianna e Coco? Comente abaixo!

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER