Sense8 1×01 — Limbic Resonance

Sense8 aposta alto e acerta em cheio, um drama complexo e cheio de mistério que faz você querer assistir até o fim.

Eu costumava me sentir como você, um nervo exposto, como um dente quebrado”. NYNX

The Wachowski’s mostraram mais uma vez que não se deixam abalar. E não foi só porque migraram do cinema para TV que deixariam a qualidade de seu trabalho cair. O primeiro episódio de Sense8, intitulado Limbic Resonance, nos apresenta a premissa do novo show sem parecer se esforçar muito.

Isso talvez ocorra porque com séries que estreiam no serviço de streaming, em que todos os seus episódios são produzidos e liberados de uma só vez, não há chance de sentir a resposta do público antes que seja tarde demais. Portanto, não há espaço para o tão temido fan service.

Como esperado, o show, apesar de muito complexo, se apresenta simples. Não descobriremos todos os mistérios cercando os personagens no primeiro episódio, não precisamos, nem queremos. Limbic Resonance não se precipita na apresentação de seu grande elenco, sua ideia é nos mostrar como tudo começou, e isso é entregue primorosamente.

Sense8

O primeiro acontecimento da série é a morte de Angel, uma mulher perturbada que foge de uma organização secreta, que também não foi completamente apresentada, mas já sabemos que é a organização que vai caçar os sensitivos durante o show.

Não é possível entender também porque a morte dela gera a conexão entre os oito personagens principais, a única dica é dada pelo chefe da organização secreta que está caçando Angel, segundo ele, ela está “dando a luz”.

Somos também apresentados a Jonas que, assim como o chefe da organização inimig, tem uma conexão com Angel, mas não parece ter conexão com o inimigo, o que deixa a trama ainda mais confusa. Sense8 é feita para um público paciente, fãs de Lost entenderão.

Entre os oito personagens: Will, Nomi, Wolfgang, Riley, Capheus, Sun, Lito e Kala, a primeira experiência com seu novo dom é exatamente assistir a morte da mulher misteriosa. Depois disso, durante suas tarefas corriqueiras, eles começam a se dar conta de que algo está diferente.

Por enquanto nada novo é apresentado, apesar de tudo ser tecnicamente novo, por falta de melhor palavra. Temos um grande elenco e mostrar como cada um dos oito personagens principais vão lidar com um paradoxo tão complexo parece ser a principal preocupação do show.

Quem espera muitas respostas e episódios embalados a vácuo prontos para entregar toda a trama de bandeja talvez se decepcione com a série, que por sinal está mais preocupada em humanizar cada um de seus personagens e não o contrário, só porque lhes foi dado certos dons.

Todos os fãs de histórias intrigantes e cativantes por sua complexidade vão passar muitas horas seguidas tentando chegar ao final dessa jornada. Nem todos avisados, mas muito provavelmente não haverá pote de ouro no fim do arco-íris, pelo andar da carruagem nem tudo será desvendado em meros doze episódios.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

VIDEOCAST

David Yates, diretor de Animais Fantásticos 2, fez uma declaração no mínimo insensível.

Você com certeza já esqueceu uma série no Churrasco. Será que não!? Assista e descubra.

Todas as emoções da Spoiler Night da CCXP 2017. veja agora!