Séries que foram canceladas muito cedo

A Lista de hoje traz com dor no coração aquelas séries que a gente teve que dizer adeus cedo demais.

O ano de 2016 resolveu voar e nós já estamos no mês de maio. E o que isso significa para os fãs de séries? Que provavelmente você dará adeus — temporariamente — à sua série favorita, já que nos encaminhamos para a temporada das seasons finales.

Se você for uma pessoa de sorte provavelmente ela foi renovada e volte ainda na fall season desse ano. Mas se esse não é o caso, é porque provavelmente ela foi cancelada e não importa o quão boa você acha que a série possa ser, de agora em diante a unica coisa que você pode fazer é se lamentar e assistir as reprises.

Pensando nisso — e não sintetizando muito bem, já que parece que eu estou dando voltas nessa introdução — resolvemos listar aqui as séries que foram canceladas muito cedo (em nossa opinião). E talvez você já tenha visto alguma lista do tipo por ai, mas a paixão por séries aqui é tao grande que a gente nem se importa em lamentar o fim de algumas mais de uma vez.

Witches of East End

Num mundo que foi tomado pela febre do vampirismo as bruxas foram deixadas um pouco de lado, sempre assumindo papéis coadjuvantes. Foi então que fomos presenteados, em 2013, com a família Beauchamp, bruxas imortais que viviam na pequena East Heaven. A série contava a historia de Joanna, suas filhas Freya e Ingrid, e sua irmã Wendy e tinha coisas como imortalidade, gente morrendo e renascendo — literalmente — e pessoas que se transformavam em gatos — e tinham nove vidas. Witches of East End contava com Julia Ormond, Madchen Amick, Jenna Dewan e Rachel Boston no elenco. A série não durou muito, apenas duas temporadas, sendo cancelada em 2014 e a pergunta que ficou foi: Por quê?

Firefly

Outra série que foi cancelada muito cedo foi Firefly, exibida em 2002. A ficção científica criada por Joss Whedon contou com apenas 14 episódios e contava a história de um grupo de renegados, tripulantes de uma nave da classe Firefly, chamada Serenity, enquanto eles lutam para se adaptar e sobreviver em um sistema solar diferente — ou quase isso. O elenco contou com Nathan Fillian (Castle) e Gina Torres (Suits), além de Alan Tudyk, Morena Baccarin e Adam Baldwin. Em, 2005, a série ganhou um filme, chamado Serenity, que retomava a história 2 meses depois dos eventos do series finale, contando com o mesmo elenco. Mas mesmo assim, 14 episódios e um filme é muito pouco, nós sabemos que Firefly merecia bem mais.

Bunheads

Amy Sherman-Palladino pode estar fazendo a alegria dos fãs, já que Gilmore Girls: Seasons está em produção. Mas a gente ainda não conseguiu perdoar o fim precoce de Bunheads. A dramédia estrelada por Sutton Foster estreou em 2012 na ABC Family e contava a história de uma dançarina de Las Vegas que decepcionada com sua carreira se casa por um impulso com um admirador e acaba indo ensinar balé junto com sua nova sogra, Fanny (Kelly Bishop) na pacata cidade de Paradise, após sua vida virar de cabeça para baixo. Foram apenas 18 epísódios e… Porque parou? Parou Por quê?

Freaks and Geeks

Ambientada no começo dos anos 80 Freaks and Geeks foi exibida entre 1999 e 2000 e contava a história dos nerds (Geeks) e dos esquisitões (Freaks) do McKinley High School. Focando principalmente na vida dos irmãos Weir — Lindsay (Linda Cardellini), que após presenciar a morte da avó passa por uma grande mudança de comportamento e acaba fazendo novos amigos, os freaks, e Sam (John Frances Daley), seu irmão caçula e a sua luta para se adaptar socialmente ao universo escolar com seus amigos geeks. O elenco também contava com alguns outros rostos bem famosos como James Franco, Jason Segel e Seth Cohen e teve apenas 18 episódios.

Pushing Daisies

Sempre mencionada em nossas Listas — eu gosto, e daí? — Pushing Daisies contava a história do amor intocável entre o confeiteiro Ned (Lee Pace) e Chuck, ou Charllote (Ana Friel). Deixando vários fãs desolados e e muitas perguntas sem resposta a série chegou a ganhar uma continuação em forma de quadrinhos, mas isso não é o que podemos chamar de satisfatório, certo?

V

Um tema que sempre vai chamar a atenção do público são alienígenas invadindo a Terra e toda a confusão que isso pode gerar. Então porque V foi cancelada com apenas duas temporadas de vida? Não sabemos. Mas dar um fim precoce para uma série de ficção-científica com Morena Baccarin (Deadpool) E Elizabeth Mitchell (Lost, Revolution) é um grande erro. V é um remake da série de mesmo nome exibida nos anos 80 e a nova versão da história contou com 22 episódios.

Terra Nova

Ainda nas terras da ficção-científica temos Terra Nova que veio com todo um potencial, mas não conseguiu durar. A história de pessoas que viajaram no tempo para 85 milhões de anos, direto para o período Cretáceo, a fim de sobreviver não conseguiu sobreviveu a primeira temporada e foi encerrada com apenas 13 episódios. Mas isso não significa que ela tenha sido ao toda ruim — ok, talvez um pouco — e se talvez tivessem dado mais uma chance para a produção da Fox…

Veronica Mars

Outra figurinha repetida aqui na Lista, Veronica Mars durou três temporadas — muito, se formos comparar com as outras séries já citadas — mas foi cancelada muito cedo e em um ponto da história que teria sido muito interessante, caso fosse bem explorado: Veronica na faculdade. Ok, já ganhamos um filme da série em 2014, mas nunca saberemos que tipos de problemas e mistérios a aspirante à detetive interpretada por Kristen Bell enfrentou nesses anos cruciais na vida de qualquer jovem adulto.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles

Quando se trata de viagem no tempo as possibilidade de se contar e recontar uma nova história são praticamente infinitas — isso talvez explique a franquia Exterminador do Futuro, que nunca acaba. Um dos produtos lançados pela franquia foi a série Terminator: The Sarah Connor Chronicles, que cronologicamente se passa após os acontecimentos do segundo filme, Extreninador do Futuro 2: O Julgamento Final, e continua a saga de Sarah e seu filho John, junto com a nova exterminadora, Cameron, modelo TOK715, que veio de 2027 com a missão de proteger John e Sarah e ajudá-los a impedirem o Dia do Juízo da Skynet. Foram duas temporadas, com 31 episódios e o elenco contava com Lena Headey (Game of Thrones), Thomas Dekker (Heroes, The Secret Circle) e Summer Glau (Firefly, Arrow).

Ringer

Ringer trouxe Sarah Michelle Geller de volta às telinhas, mas isso não foi motivo suficiente para que a série durasse. A histórias das gêmeas Bridget e Siobhan, meio estilo A Ursupadora, cheia de dramas e efeitos de chroma key bem capenguinhas. Foram 22 episódios e muitas perguntas sem respostas. A produção podia não ser 100%, mas Ringer merecia um tempo de vida maior, certo?

Jericho

Jericho foi cancelada, renovada e cancelada, ou seja, a série até que tentou, mas não deu. A história da cidade que sobrevive misteriosamente ao que seria um explosão nuclear se perdeu em alguns pontos e conseguiu a proeza de ser cancelada novamente em sua curta segunda temporada, deixando seus fãs sem algumas respostas. Foram ao todo 29 episódios e o elenco contava com Skeet Ulrich (Law & Order: Los Angeles), Lennie James (The Walking Dead) e Ashley Scott.

Menções honrosas:
Como o numero de séries canceladas é grande, vale citar algumas outras como: Selfie, The Brigde, Smash, Trophy Wife, Alcatraz, Revolution, The Secret Circle, Deadwood… São muitas, então sinta-se a vontade para citar outras nos comentários.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Será que a Elsa se assumiu lésbica cantando e ninguém percebeu?

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

Viajamos no verdadeiro trem do Harry Potter! Na vira real!!! Veja como foi a experiência neste vídeo.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER