Sitcoms para curar a tristeza da crise

Será que o resultado para curar a tristeza gerada pela crise financeira mundial está nas sitcoms? Se depender do canal CW, a resposta é não. Isso pq neste ano eles cancelaram geral as suas séries de comédia. Mas, se depender dos canais que realmente importam e tem audiência, a resposta parece ser positiva. Após a apresentação das novas grades de programação que acompanhamos nestes últimos dias, pudemos perceber que muitas das novidades vêm cercadas de riso.

A linha de frente do prime-time na temporada 2009–10 será formada por programas que podem sim dar uma quebrada no gelo e na tensão, trazendo um pouco mais de riso aos lares norte americanos, e até mesmo aos nossos. Pq Não?

Serão no mínimo 10 novas sitcoms, para aqueles que estavam com saudades (que nem eu). Muitas delas serão comandadas por rostos já familiares, como é o caso de Courteney Cox Arquette que estrelará Cougar Town, na ABC; Ou então o caso de Chevy Chase em Community, da NBC. Também teremos Jenna Elfman em Accidentally on Purpose, da CBS e Kelsey Grammer em Hank, da ABC.

Também teremos novas dramédias, categoria que cada vez mais cresce na tv dos EUA. Entre elas estará Eastwick, da ABC, que é baseada no famoso livro sobre as bruxas desta região. Não podemos esquecer Glee, que está fadada a fazer a alegria de muitos que se apaixonaram pelo seu enfadonho episódio piloto. Ah, e tem também Parenthood, a nova de Petter Krase (ex Six Feet Under e Dirt Sexy Money), agora na NBC.

Será esta uma tendência ou uma responsabilidade dos grandes canais…? Quero dizer, quando a economia não vai bem, cabe a TV entreter e trazer mais comédias? Mais escapismo? Segundo Steve Sternberg, executivo e vice presidente da Magna, uma grande empresa de comunicação dos EUA, sim. E muitas das novas séries apresentadas nos chamados up-fronts parecem interessantes para o cara, afinal são programas “família” com transmissão programada para às 21h30, quando todo mundo já está em casa.

São programas que se pode assistir na companhia da esposa e dos filhos e parece que os telespectadores estão buscando por isso. Sternberg afirma, por exemplo que Modern Family tem um dos melhores episódio pilotos que ele já viu nos últimos anos.

Outra forma de escapismo que virá com tudo na programação que estréia neste fim de ano são as fantasias e ficções científicas. Estas já não são mais tão felizes e estão mais para o cataclisma do que para a gargalhada. Mesmo assim, antes ver o mundo destruído por alienígicas e forças estranhas da natureza do que por uma crise financeira… Deve dar um alívio, pelo menos. Como exemplos temos Day One, na NBC, Flash Forward e V, na ABC, Human Target e Past Life, na Fox e The Vampire Diaries, no canal CW, que pertence à CBS e a Time Warner.

E aí, para você qual seria a melhor maneira de esquecer a crise? Rir ou tomar susto? Sinceramente, no começo tudo isso parece lindo, mas é papo para vender. Enquanto se diz que novas comédias chegarão, já pararam para contar quantas vão embora? A tendência real é que a gente perceba que isto é apenas um ciclo, que séries vêm e vão.

Por exemplo, o CW cortou suas comédias, como disse no começo. Assim, The Game e Everybody Hates Chris já eram. Isso foi por conta da recessão? Duvido. As séries apenas não se encaixaram com a faixa de audiência adequada para mantê-las no ar.

Foi dito que a CBS trará Jenna Elfman em Accidentally on Purpose, mas vale lembrar que Worst Week foi cancelada para dar lugar a ela. Aposto que os desempregados das produções encerradas não vão ter muito do que rir. E os exemplos não param aqui, a Fox também teve seus cancelamentos, como o de King of the Hill e da péssima Do Not Disturb (ok, essa mereceu). A própria NBC sempre manteve seu número de comédias exatamente o mesmo. Sai uma, entra outra. A diferença agora serão as 5 horas extras semanais de Jay Leno Show no prime-time.

E isso é para deixar o público feliz? Olha, se isso tem alguma coisa a ver com a crise financeira, é apenas monetário pois a rede vai economizar horrores de dinheiro exibindo um talk show. Não se compara o preço de um talk show com o preço de uma comédia, mesmo que de meia hora.

Para encerrar, a ABC trará sim novas comédias… Acho que atualmente o canal só tem Ugly Betty e Desperate (poss estar esquecendo vários). Entre as novidades, quatro serão de dar risada. Será a recessão inspirando o canal da Disney? Talvez sim, afinal a missão do canal é gerar produtos para a família e ter o que ver com todo mundo junto no sofás às 21h30 é bem família. Se é isso que você espera, fique de olho nas novas séries do canal. Terá desde fim do mundo a invasão alienígena, com muita comédia também. Não necessariamente juntos.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!