Skins US estreia na MTV americana

Ontem finalmente encontrei tempo para assistir o piloto da versão americana de Skins, produzido pela MTV, que estreara na última segunda-feira.

Desde os trailers, já tinha percebido que era tudo exatamente igual! Ainda assim resolvi dar uma chance e conferir por mim mesmo.

Resultado, inédito para mim: mal tinha dado cinco minutos de projeção e eu já queria abandonar o episódio! Era tudo igual, cenas, ângulos, falas, personagens. Só que bem pior: tudo muito americano!

Depois de muito esforço e sofrimento, consegui sobreviver aos quase 42 minutos de episódio, pensando em fazer algo que nunca fiz antes: largar uma série!

Sempre assisti tudo que peguei do início ao fim, e quando certas séries passavam por momentos ruins (Heroes, Melrose Place, Reaper) torcia para que fossem canceladas, mas nunca larguei nenhuma!

Skins US é o retrato atual da produção americana, baseada em versões de livros, remakes de filmes estrangeiros, cópias baratas (#HollywoodFail). Não há criatividade, originalidade na indústria de entretenimento americana. Ou essa é raríssima por lá, fora do mainstream, encontrada somente no circuito independente.

Quanto aos personagens, nenhum é carismático e nem inspiram simpatia. São cópias bizarras dos queridos originais britânicos. O melhor de Skins UK é que, até mesmo os personagens mais desajustados (quase todos!), nos cativam. Como não gostar de Cassie, Tony, ou até mesmo de Effy?

Em Skins US temos uma Cadie (Cassie UK) apática, ridícula, rasa e sem motivações. A gota d’água foi a “substituição” de Maxxie, um dos melhores de Skins UK, por um equivalente gay feminino! É o fim!

Com isso me despeço de Skins US, limando-a de minha watchlist — que já está muito cheia, obrigado.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!