SPOILER: As 5 mortes mais chocantes das séries

Depois do triplo “assassinato qualificado” que Lost promoveu no episódio da semana passada, ficamos imaginando quais outras mortes nos chocaram tanto quanto as que ocorreram lá na ilha e decidimos fazer esta funesta lista (nem precisamos dizer que ela contém spoilers, certo, então se não assiste Dexter, 24 Horas, Lost, ER e House e não quer ter surpresas e choques estragados, pare de ler agora!):

01. RITA — Dexter (2009)

Trinity (John Lithgow) estava morto. Rita e os filhos estavam fora, em férias. Depois de brincar com o perigo mais de uma vez na quarta temporada, Dexter estava em casa e a salvo. Tédio. Mas então, naqueles momentos finais do episódio, ele faz uma ligação e percebe que o celular de Rita ainda estava em casa — assim como ela, que sangrou até morrer pelas mãos de Trinity em sua própria banheira. Claro que durante as quatro temporadas nos acostumamos a dizer adeus a grandes (Doakes) e pequenos personagens, mas matar alguém tão próximo a Dexter inesperadamente foi totalmente cruel. E fantástico!

02. TERI BAUER — 24 Horas (2002)

No Dia 1, também conhecido como a primeira temporada, a esposa de Jack, Teri, teve um dia tão duro quanto de seu marido agente secreto. A procura de sua filha sequestrada, ela foi raptada também e acaba se oferecendo para ser estuprada no lugar da filha. Escapando sempre por um fio, ela vai de esconderijo a esconderijo sem ter trégua. Finalmente, logo depois de Jack salvar o dia, estávamos preparados para um encontro emocionado e… Teri é assassinada pela vilã Nina Myers e a temporada termina com um Jack agonizante abraçado ao corpo de sua mulher. Nem tivemos tempo de chorar…

03. JOHN LOCKE — Lost (2009)

A fé inabalável de Locke sobre a importância da Ilha parecia essencial para o equilíbrio da série. Sendo assim, como foram deixar o maquiavélico Ben Linus colocar uma corda no pescoço do cara e matá-lo? Como um personagem tão forte, marcante, pôde virar fumaça (com o perdão do trocadilho infame)?

04. LUCY KNIGHT — ER (2000)

Muitas coisas malucas e violentas aconteceram no Pronto Socorro do Chicago General, mas a morte de uma estudante de medicina esfaqueada por um paciente com esquizofrenia chocou o público, afinal Lucy já tinha cativado os fãs e sua dinâmica com o Dr Carter era perfeita. A cena dele — que também foi atacado — olhando para ela caída no chão dando seus últimos suspiros é de partir o coração… Ate o Dr Romano sentiu a perda.

05. LAWRENCE KUTNER — House (2009)

Todos nós sabíamos que o ator Kal Penn teria que deixar House — ele aceitou um convite para fazer parte do governo de Barack Obama — mas ninguém poderia imaginar que seria dessa forma. O suicídio de Kutner abalou o Princeton-Plainsboro de uma maneira jamais vista, assim como todos os fãs da série.

Adaptado de EW.com

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!