Supermax 1×04 — Episódio 04

A selva amazônica mostra que tem seus mistérios em Supermax.

Será que a regra do jogo agora é não ter regra nenhuma?” — JOSÉ AUGUSTO.

Este talvez seja o melhor episódio da temporada até o momento. Ao passo o confinamento continua, os personagens começam demonstrar sinais de cansaço físico e esgotamento mental. Como se não bastasse, o emocional de todos ali está abalado e isso desencadeia uma série de conflitos.

O texto bíblico diz que Deus marcou Caim para que irmão assassino nunca fosse morte. A marca, mais que uma benção, é uma maldição para Caim. A literatura e as artes em geral costumam usar a metáfora da marca para indicar essa linha tênue entre um benefício ou uma desgraça.

A volta de Dante traz mais dúvidas que certezas. O que ele traz no peito escrito com faca e em hebraico é a marca de Caim. O mais bizarro é a história que ele conta para explicar como ela apareceu ali. Um estranho ritual envolvendo pássaros mortos e índias sedentas por sexo deixaram o jovem atônito.

É a primeira vez que a série faz referência direta aos muitos mitos guardados dentro da Selva Amazônica. E é justamente esse o ponto que transforma Supermax em uma série ímpar para a dramaturgia brasileira. O país é tão rico em lendas e mistérios que ficava a pergunta de como ninguém tinha tido a ideia de explorar isso.

Além do canto e dos pássaros morrendo ao se chocarem contra a parede, outro elemento assustador recorrente é o choro que os participantes escutam toda noite. Ainda não há uma explicação para a origem do choro, mas pode ser uma das variantes da lenda de La LLorona, uma mulher que chora a noite por ter matado seus filhos.

Desde o início, Cecília é uma personagem estranha. Tudo o que se sabe sobre ela é que seu filho está morto e ela se culpa por isso. Depois de ter comido lixo e ter visto aquela estranha criatura dentro da caixa da primeira prova, a mulher está acometida por uma infecção. Deve se prestar muita atenção nela e neste mal que a acomete. Tudo indica que algum tipo de transformação física ocorrerá com ela.

As coisas começam a esquentar entre Bruna e Sérgio. No entanto, a loira afirma não estar pronta para entregar-se sexualmente ao ex-policial. Não deu maiores explicações sobre o fato, mas deixa essa incógnita para o espectador.

Enquanto isso, Janete e Luisão acabam trancados dentro da dispensa. A porta acabou fechando antes do tempo habitual. O que apenas confirma que o sistema eletrônico da prisão está funcionando, mas encontra-se desregulado. O mesmo se dá com o fechamento das celas que ainda não parou.

Dante acaba quebrando a caixa de vidro para acionar o telefone vermelho. O aparelho dá sinal, mas ninguém o atende. Mais um mistério sobre o que teria acontecido de fato à produção do reality show.

Um dos momentos de maior tensão foi o surgimento daquelas criaturas parecendo as crianças-aranhas de The Strain. Nando parece não ter medo delas. Apenas reforça suas orações, encarando aquilo como um teste à sua fé.

Os mistérios continuam se somando em Supermax e, pouco a pouco, a Selva Amazônica começa a se impor, exercendo um peso para cada participante.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER