Supermax 1×10 — Episódio 10

As origens da Supermax são explicadas em brilhante e emocionante episódio flashback.

Não vai sobrar nenhuma testemunha” — MAURO.

Genial.

Não á palavra melhor para definir o assombroso décimo episódio de Supermax. Roteiro extremamente bem amarrado, atuações primorosas de atores desconhecidos do grande público, construção cenográfica realista, situações absurdamente convincentes. Sem contar o caldeirão de referências que foi o episódio para explicar a origem da Supermax.

Dizem que a Amazônia contém inúmeros segredos e mistérios capazes de surpreender a raça humana. E é com essa premissa que a série joga de maneira primorosa. Construir um presídio de segurança máxima no meio da selva despertaria muitos desses segredos.

Por se tratar de uma floresta densa, muitos males ficam contidos no interior da mata fechada. Um deles é uma mosca que transmite um vírus capaz de inibir a dor e afetar o sistema nervoso de sua vítima transformando-a em um ser raivoso.

Quem mais sofre com o mal é uma vila próxima. É justamente nesse lugar que há um embate entre um pregador da palavra de Deus chamado Nonato e as meretrizes que servem aos operários da Supermax. Nonato afirma que a doença é transmita pelo pecado da fornicação. As meretrizes só querem servir.

Uma observação oportuna é feita pela mulher de Nonato. Ela dá graças a Deus que as prostitutas estão ali, pois se elas não servissem aos homens solteiros, eles iriam atacar as mulheres de bem. De fato, em uma cultura machista, o pensamento é válido.

A empreiteira responsável pela construção tenta abafar o caso. Para que nada escape para o grande público, mata todas as testemunhas que conseguem. A lógica é lucrar sempre e qualquer custo. Em tempos de condenação das grandes construtoras, nada mais válido. Imagine o quanto de problemas já foi varrido para debaixo do tapete por conta do lucro.

E assim, o episódio explica a origem da tribo feminina e do estranho ser com cabeça de javali. Ajuda também a entender porque as mulheres do reality show estão sendo vigiadas.

Na Bíblia, existe Baal, um dos deuses mais importantes em oposição a Deus. Conhecido por aceitar sacrifícios de crianças, Baal não é mais oficialmente cultuado. Ao ser preterido por Jeová, Nonato entrega-se totalmente a Baal.

Essa é a grande lacuna do fanatismo religioso: quando as coisas não saem como o planejado, é mais fácil culpar Deus e entregar-se ao outro lado que assumir a própria falha na fé.

As respostas foram respondidas de maneira aceitável e, o mais importante, crível. Ainda que haja o elemento sobrenatural, dentro da proposta de Supermax faz todo sentido.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER