The Good Wife 7×13 — Judged

Judged põe Alicia em um terremoto emocional, mas nos brinda com a volta de Jason.

Eu odeio pessoas. Mas gosto de você.” — QUINN, Lucca

The Good Wife conseguiu colocar em um único episódio todas as emoções possíveis de uma personagem. Em quarenta minutos, vimos a curva dramática de Alicia ir do inferno ao paraíso, beirando à euforia. Gênios.

Judged começa com Alicia depressiva, o baque foi muito grande e a capacidade dela de se reerguer foi prejudicada com o tanto de porrada extra. E se tem uma coisa que aprendemos na vida quando crescemos é que não podemos jamais achar que estamos no fim do poço, tem sempre espaço para mais.

O caso do dia foi o maior exemplo dessa teoria. Sabemos que Schakowsky é o pior ser humano na terra, ele usa do poder para obter ganho pessoal e ameaçar quem ele quiser. Sabemos também que Alicia não está nos seus melhores dias e que a raiva seria canalizada para alguém. Agora, processar o Juiz foi uma tacada muito mal pensada.

Lucca sabia disso, mas como boa amiga, assumiu o B.O. e entrou na luta. O lado ruim é que essas briguinhas pessoais são as custas do réu que está a 8 meses tentando sair da cadeia. O resultado não poderia ser diferente: Alicia é indiciada por mal uso da profissão e processada em um milhão e meio de dólares.

Nesse meio tempo Alicia resolve encarar o problema de frente e pede para Eli dizer palavra por palavra o que Will deixou na mensagem de voz. Qual a necessidade disso amiga? Dito e feito, a situação só piorou e foi preciso de uma alma iluminada chamada Lucca para resolver tudo.

E que cena maravilhosa! Mérito de Giuliana que soube carregar de emoção sem cair no dramalhão, como é bom ver uma atriz dona do personagem e sabendo dosar nas horas certas. Um presente para nós. E que maravilhoso que Eli e Alicia resolveram essa questão, eles são muito bons juntos e merecem uma segunda chance.

Diana também passou por poucas e boas, defender um jornal da faculdade na própria diretoria não é o que um advogado conceituado gosta de fazer nas horas vagas. O que não fazemos por dinheiro, não é mesmo? Mas nada que Jason não pudesse resolver.

O que dizer sobre esse homem, Brasil? Esse ser se apresenta na porta da sua casa e você fecha a porta? Alicia não estava no seu melhor momento, definitivamente. Mas nada que não pudesse ser remediado porque, meus amigos, ela simplesmente agarrou o bofe no elevador. Amém!

Como lidar com esse casal? Muita química envolvida e pouca cena juntos. Deixo aqui o meu protesto.

E para encerrar com chave de ouro, Cary convida Alicia a ser sócia do antigo escritório. Só gargalhando mesmo.

E você? Curtiu o episódio? Não esquece de deixar o seu comentário.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER