The Mentalist 5×01 — The Crimson Ticket

Eu acho que está fazendo isso para ficar perto de Teresa Lisbon. Acho que está um pouco apaixonado por ela. — Lorelai Martins

Como eu já havia dito no Retorna Hoje, apesar de uma season finale relativamente ruim — sim, ruim sim -, ainda havia grandes expectativas para o retorno de The Mentalist. Afinal, a condução da 4ª temporada não pecou, apesar do seu último episódio.

E a season premiere veio para mostrar porque a série é tão boa. O sarcasmo e a inteligência de Patrick Jane não deixaram a história ruir. Acho pouco provável que o roteiro de The Mentalist se perca, depois desse começo de temporada. Teve a chance com a season finale, mas se recuperou. Muito bem, Bruno Heller! Mas agora, vamos ao que interessa.

Nossa história começa alguns dias depois da confusão FBI x CBI e da operação desastrosa para capturar Red John que resultou na morte de Luther Wainwright. O antigo chefe da CBI, Gale Bertram, está de volta. Oba! Gosto muito dele. Nada contra o Luther. Agora, ele e o FBI lutam para encobrir da população o que realmente aconteceu naquele dia.

Além disso, o clima entre as duas organizações está mais quente do que nunca. O FBI não se conforma de a equipe de Teresa Lisbon continuar resolvendo crimes e passa a “colaborar” com os policiais da CBI. Tudo, claro, com segundas intenções, porque ajudar mesmo, nada. Eles querem porque querem levar Lorelai Martins, a ajudante de RJ, presa no fim da quarta temporada. Mas você acha mesmo que Jane permitiria isso? Ele, mais do que ninguém, deseja interrogá-la.

A conversa entre Jane e a prisioneira me deixou em dúvida — e ao lado de Lisbon em um ponto. Será que nosso mentalista deixaria mesmo as emoções de lado ao tentar arrancar dela a verdade sobre o serial killer? Eu acho que o relacionamento que ele teve com Lorelai o afetou, de alguma maneira. Jane deve ter algum sentimento por ela, mesmo que mínimo. Ele tenta esconder isso, mas Lisbon está atenta. Mesmo que Lorelai tenha afirmado que acredita que Jane esteja apaixonado pela policial. Apesar dessa afirmação, não acredito que veremos um romance entre os dois tão cedo, também.

Bom, em The Crimson Ticket temos um novo caso, com duas mortes, mas sem dúvidas o caso central era Lorelai. Jane consegue solucionar o crime com maestria e esperteza, mas Lorelai infelizmente lhe escapa. Como ele já suspeitava e já havia afirmado, era um risco muito grande Lorelai ser levada pelo FBI. Tanto é que, quando a CBI a consegue de volta, vemos que houve uma troca na prisão. Eu SABIA que isso aconteceria. Revelações sobre Red John não viriam tão facilmente e ele sempre consegue o que quer. E o pior é que Lorelai não chegou a dar nenhuma pista concreta, nada que possa ajudar realmente Jane.

Ah, e por último, não posso deixar de comentar. Gostei do episódio, mas achei Cho, Grace e Rigsby um pouco apáticos. Espero que no segundo episódio isso melhore.

Sobre o Autor

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

The Handmaid's Tale voltou!!! O que rola de novo nesta temporada? Descubra mas SEM SPOILER!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!