The Muppets 1×01 — Pig Girls Don’t Cry

As amadas criaturas de Jim Henson retornam para a televisão em The Muppets

A minha vida é um inferno enrolado em bacon. ” — O SAPO, Kermit

Um produtor executivo de um popular talk show em Los Angeles tem que lidar com as confusões e os problemas causados pelos seus escritores malucos, ajudantes bizarros, e mais importante, a sua apresentadora diva- que também é sua ex-namorada. Ah, e já falei que o produtor é um sapo, os escritores são uma coisa, um rato e um camarão, o ajudante é um urso e a diva é uma porca?

Bem-vindo ao mundo de The Muppets, a mais nova aposta da ABC. Depois de dois filmes (um em 2011 e o outro em 2014), os personagens criados por Jim Henson finalmente retornam para a televisão, em sua primeira série desde o curto Muppets Tonight. Desta vez, a história de os Muppets fazem um show continua, só que dessa vez é um talk show estrelando Miss Piggy. Kermit tem que lidar com tudo que o mundo joga na sua vida, incluindo o fato que ele acabou de se separar de sua namorada de longos anos- a própria Piggy. E para a felicidade do público, tudo o que acontece atrás das câmeras está sendo gravado por uma equipe de documentário.

Assim como o clássico Muppet Show era uma paródia dos variety shows dos anos setenta, The Muppets é uma paródia dos mockumentaries como The Office, tudo com uma pitada de 30 Rock. Não foi só isso que mudou: os temas agora são mais adultos. Uma das histórias do piloto mostra Fozzie tentando encantar os pais de sua namorada (interpretada por Rikki Lindholme, do excelente Another Period). “Eu não vejo como isso vai funcionar,” diz o pai, em uma cena que paródia milhares de filmes retratando dois amantes de mundos diferentes. “E se vocês tiverem um filho, onde vai ser o banheiro dele? A floresta?” Mas antes do tema ficar sério demais, The Muppets traz de volta o clássico humor bizarro, com Fozzie gritando “isso é um estereótipo MUITO ofensivo!”

The Muppets 1x01

Essa conversa demonstra o cuidadoso equilíbrio de humor e drama que a série está tentando atingir. Os temas podem ser coisas sérias que, sobre qualquer outro contexto, seriam dignas de um filme ganhador do Oscar, mas sob a visão dos Muppets é tudo uma grande brincadeira. Às vezes, a seriedade passa um pouco do limite. Aqueles que se lembram de Kermit cantando A Conexão do Arco-íris vão se sentir surpresos ao ver a cena em que ele se separa de Miss Piggy, que é brutal em o quão real ela é.

Mas toda vez que parece que a série vai se tornar algo que os Muppets não são, ela entrega piada atrás de piada. Não chegou ainda ao ponto hilário do Muppet Show, mas os ingredientes estão aqui e estão dando seu melhor. Statler e Waldorf voltam para a audiência do talk show e pestanejam Fozzie com suas reclamações. Sam the Eagle, clássico americano, agora é responsável pelas normas e práticas do show, essencialmente dizendo o que deve ou não deve ser dito. “A seguinte palavra deve ser retirada do roteiro desta noite: gesticular,” ele diz. “Gesticular leva a um aperto de mãos, e aperto de mãos é o primeiro passo para a geração de bebês, e eu não vou ter isso no meu show!”

Tudo no The Muppets é bem feito. Uma cena no início do episódio mostra Miss Piggy e Kermit caminhando pelos estúdios, tudo filmado em uma só tomada, com vários Muppets e humanos andando pelo cenário. Quando você pensa que embaixo de cada Muppet tem uma pessoa, é mirabolante o quão perfeito a cena ficou. Outra cena fantástica se passa em um tour pelos estúdios da ABC. Em um momento, um dos Muppets é jogado para fora do carrinho, e a câmera gira para mostrar o fantoche caindo, com pernas e tudo mais. Os artistas por trás dos Muppets estão usando todo o dinheiro que a Disney finalmente decidiu investir neles e o usando do melhor jeito possível.

Outro modo como isso se manifesta são nos convidados. Quem viu qualquer filme dos Muppets sabe que celebridades famosas fazendo pontas são parte da franquia, e The Muppets não é diferente. Elizabeth Banks (de The Hunger Games) faz parte da história principal do primeiro episódio, lidando com uma suposta rivalidade com Miss Piggy. Mas quem rouba o holofote é Tom Bergeron, apresentador de Dancing with the Stars, que brinca com a sua imagem e não tem medo de ser o foco das piadas. Os melhores convidados dos Muppets são aqueles que zoam com si mesmos- imagens de Steve Martin no Muppet Show vem a mente, já que o seu episódio é um dos melhores.

Para finalizar, há aqueles que ficaram com medo ao verem o produtor Bill Prady (que também é um dos criadores de The Big Bang Theory) anunciar que esta série dos Muppets seria mais adulta. Imagens de piadas juvenis sobre sexo vieram a mente dos fãs dos personagens, mas não há o que temer. Tirando uma ou duas piadas sutis que muitas poucas crianças vão entender, a série é feita para a família inteira mesmo. Sim, ela lida com temas difíceis, mas se tem alguém que pode introduzir crianças para os altos e baixos da vida adulta, são os Muppets.

The Muppets pode ter só um episódio (que pode até ter reciclado algumas de suas piadas da prévia de dez minutos lançadas anteriormente), mas é um episódio excelente que abre alas para um futuro ainda melhor. É hora de ligar as luzes, é hora de celebrar, os Muppets estão aqui e o show vai começar!

O que você achou de The Muppets? Dê a sua nota e comente!

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER