The Newsroom 1×02 — News Night 2.0

“Todos vocês acham o Will um babaca?” — Mackenzie

O segundo episódio de The Newsroom foi atingido pela maldição de uma premiere sensacional e não conseguiu manter a mesma carga emotiva proporcionada anteriormente. Mas nada muito sério que o comprometa.

News Night 2.0 foi como acordar de ressaca depois de uma festa, e se ver diante de diversas tarefas a serem cumprida. Depois do furo de reportagem dado pelo jornal sobre o vazamento de óleo no Golfo do México, a equipe tem dois caminhos: continuar explorando o caso, como todos os outros telejornais, ou seguir em frente trazendo outras notícias impactantes em primeira mão. Liderados por uma Mackenzie insana por transformações, o News Night optou pela segunda escolha. Mas as coisas saíram totalmente do controle.

Deixando de lado um pouco o foco de notícias da noite, a complicada lei de imigração do Arizona, o episódio mostrou dois questionamentos: a questão dos assuntos pessoais não interferirem no profissional, e a eterna luta entre qualidade x audiência.

Se no primeiro episódio ficamos com a pulga atrás da orelha sobre o que de fato aconteceu para o rompimento entre Will e Mackenzie, a produtora executiva matou nossas curiosidade, e a toda equipe, com um simples toque. Ao enviar um email por engano para TODOS os funcionários da ACN, ficamos sabendo que no passado Mac foi responsável por colocar um par de chifres em Will.

Pronto, estava armado o descontrole geral. Depois da fofoca 2.0, tanto Mackenzie, e principalmente, Will não conseguiram segurar suas ondas e isso foi totalmente refletido no péssimo programa levado ao ar. A que seria a principal pauta do jornal foi motivo de vexame por parte de todos. Tivemos fontes totalmente desconexas com o tema, Will totalmente apático sem conseguir elevar o nível de discussão e uma produtora que até então não estava se dando conta do que ela estava levando ao ar.

Outro momento que destaco sobre assuntos pessoais x profissionalismo foi o caso de Maggie, responsável por não dar à pauta de imigração sua principal fonte. Se os macacos velhos, Will e Mac, deixaram os assuntos pessoais acima do profissional, o que dizer da inexperiente Maggie (para mim um dos personagens com mais chances de crescimento), que ao ocultar o seu também antigo relacionamento com o assessor da fonte, pós tudo a perder?

Acredito que o fator qualidade x audiência será um dos grandes dilemas de The Newsroom , por ser um assunto que dá pano para manga, e também de ser o grande gargalo de praticamente todos os programas televisivos, sejam eles jornalísticos ou de entretenimento.

Dois fatos que demonstraram isso no episódio. A conversa entre Mackenzie e Sloan, e o confronto final entre a produtora e Will, onde ela o coloca na parede com a famosa “ou você está dentro ou você está fora”. É notório do medo de Will em perder sua popularidade com a massa se o mesmo decidir ingressar em um novo projeto que exige o seu posicionamento como âncora a cerca dos fatos. O que ele quer afinal? Continuar sendo o queridinho dos telespectadores e mantendo-se assim na sua zona de conforto, ou entrar em um barco que busca a direção da qualidade, sem se ater, até então, com os números de audiência? Já em Sloan, Mackenzie enxergou nela um atrativo potencial como comentarista econômica do News Night. Além do currículo invejável da jornalista, a mesma é possuidora de um belo par de pernas. É o antigo “juntar o útil ao agradável”.

Para finalizar, algumas coisas que, depois da catarse da estreia de The Newsroom, começam a incomodar. O ritmo acelerado das cenas alinhado à quantidade de diálogos faz com que em algum momento nos perdemos diante do que realmente está acontecendo. Em diversas vezes neste segundo episódio fiz a pergunta: “do que mesmo eles estão falando?”. Se não bem dirigido, esse ritmo pode prejudicar a atuação dos atores, e as mensagens que precisam ser passadas. E outra, Emily Mortimer está alguns tons acima na interpretação de sua Mackenzie, o que pode transformar a produtora executiva em uma chata de galocha.

Até a próxima.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER