The Strain 3×06 — The battle of Central Park

Os strigois mostram o quanto são espertos em The battle of Central Park.

É uma boa noite” — FERALDO, Justine.

Que episódio, amigos! Havia tempo que The Strain não causava tanta tensão em quem estava assistindo à série. The battle of Central Park prometeu muita coisa e cumpriu tudo. Adrenalina do princípio ao fim e aquela sensação de que tudo poderia dar errado a qualquer momento. E não é que deu errado mesmo?

De certa forma, foi bom que tudo tenha saído do controle. Afinal, Justine Feraldo é muito arrogante e utiliza o discurso de fazer o bem para cometer suas pequenas atrocidades. É a mesma arma que políticos sempre usam para justificar seus atos: tudo em nome da ordem e do progresso. Tudo bem sacrificar vidas desde que seja para o bem de todos.

Infelizmente, essa máxima caiu por terra e agora Justine terá o dobro do problema para lidar. Ela achou que mandando uma força tática para o ninho que ficava embaixo do Central Park seria o suficiente para recuperar de vez Nova Iorque. Apesar de arriscado, até que era um bom plano. Porém, os strigois não são tão imbecis quanto eles pensam.

Desde o desaparecimento do Mestre, os chupadores estavam desorientados. No entanto, essa falta de orientação começou a ser superada. Lembra-se dos experimentos do doutor Eph e da holandesa, quando uma das cobaias aprende abrir um cadeado? Pois é. Ali já dava para perceber que os strigois estavam evoluindo. E a armadilha que eles arquitetaram apenas comprovou isso.

Agora, eles não só não destruíram os bichos, como também perderam o controle do Central Park. Aliás, a tomada aérea no fim do episódio com o parque tomado pelos sugadores foi o tipo de cena que você para e grita: UAU!

No meio de tudo isso, a gente fica com um pouco de dó de Fet. O caçador bem que está bem intencionado, mas de boas intenções o inferno está cheio. A parte boa é que ele acabou de aliando a Gus e Angel. Isso pode render um bom grupo de extermínio.

A parte irrelevante e desnecessária do episódio fica por conta de Zack e de seu novo animalzinho de estimação que ele ganhou. As cenas dele com a criança aranha foram de gosto duvidoso e, a não ser que que tenham bons planos para essa bizarra relação, mostrou um nível de esquisitice alto até mesmo para The Strain.

The battle of Central Park situa a série num senso quase apocalíptico. A cidade está perdendo espaço para os chupadores. A polícia não está eficaz em conter a ameaça. Os políticos não sabem mais que atitudes tomar para evitar o colapso. A única esperança é com Abraham e Quinlan. Mas será que eles conseguirão decifrar o Lumen a tempo?

Fiquem com as cenas do próximo episódio.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER