TVD 4×11 — Catch me if you can

Você não era um poço de sanidade — Rebekah sobre Stefan

Que seja dada a largada para a caça ao tesouro, melhor, ao temido Silas e a possível cura. Um dos piores episódios da temporada não trouxe nada de muito relevante para a trama. O que nos faz pensar que toda essa história está demorando demais para acontecer. Coisa rara na série que prima pelo seu ritmo e dinamismo.

Mais um Original foi responsável pelos melhores momentos do episódio. Diferente de Rebekah, Kol não está interessado em trazer Silas de volta ao mundo e muito menos achar a cura. De todos, ele é o único que teme com todas as forças a volta do primeiro imortal. E traz, com isso, uma discussão interessante: na mitologia, a volta de Silas corresponde ao fim da humanidade. Então não faz muito sentido essa sangria desatada pela cura, uma vez que não importa, sendo vampiro ou não, todos serão dizimados.

O time Stefan/Rebekah saiu na frente pois conseguiram uma parte da lápide de Silas. Agora no que ela pode ajudar realmente eu não sei, ou me perdi em meio à tantas teorias mitológicas. Desse plot, o importante foi que talvez exista outro time com interesse na cura. Pode ser as duplas já inscritas na corrida, ou outras que ainda não deram as caras. Talvez Elijah? Katherine? Caroline/Tyler?

Kol

Professor Shane até que enfim foi desmascarado. Ao confessar para Bonnie que foi realmente o culpado pelo massacre dos membros do Conselho, o professor se autodefiniu não como louco, mas sim como entusiasmado. E é aí que mora o perigo. Uma pessoa entusiasmada com algo não mede esforços para alcançar o seu objetivo, e muito menos tem clara noção dos perigos. Shane é peça principal na corrida, uma vez que detém as principais informações. Mas pode ser o grande responsável pelo seu insucesso se não souber dosar sua ansiedade.

Como a presença de Rebekah está fazendo bem para Stefan. É notável a mudança de comportamento do vampiro. E isso soma muitos pontos para o personagem. Mesmo amando Elena, Stefan está conseguindo aos poucos ir se afastando dos domínios dela. E a química com Rebekah é muito mais real. Uma dupla que pode fazer muito bem para a série.

E foi bom vermos Elena sendo rejeitada por Stefan. E como essa personagem é egoísta e centralizadora. Nunca está satisfeita com o que tem ao redor. Suas indecisões amorosas quebram muito o clima da série. Quer sempre ter a última palavra sobre tudo e todos. Mas não podemos culpá-la totalmente. Afinal todos ao redor a tratam como a menina indefesa.

O que esperamos a partir de agora da série é mais ritmo e menos enrolação. Não tem porque adiar mais a busca pela cura e por Silas. Jeremy tem mais é que matar os vampiros para que o mapa seja completado. É a sua única função na série, e uma vez caçador não pode fugir do seu destino. Que Silas venha tomar o posto de grande vilão da temporada. Por mais que Klaus ainda dite as regras, o Original já demonstra sinais de que sua história já está ficando desgastada.

Até semana que vem.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER