TVD 7×08 — Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me

Em Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me vimos que Damon e a palavra ressentimento são quase sinônimos.

Você fez sua cama. Tenha um bom cochilo.SALVATORE, Damon.

Em Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me vemos os Salvatore botando mais um plano em ação para acabar com Julian, mas como era de se esperar, as coisas não deram exatamente certo e no final acabamos perdendo um membro importante do time — ou não, já que em The Vampire Diaries os mortos tem a mania de voltar à vida.

Começamos o episódio em clima de comemoração: Mary Louise e Nora estão fazendo 133 anos de namoro (e eu aqui tentando durar mais de três meses num relacionamento), coisa que não é para qualquer um e,é claro, mais um motivo para dar uma festa.

A festa foi ideia de Julian, que enxergou nisso a oportunidade de manter toda a sua família postiça unida e fazer com que Lily voltasse a ser como era antes — uma estripadora sem escrúpulos. Fica cada vez mais claro que Julian é o mestre da manipulação. Como Enzo mesmo disse, ele venera os Hereges para que possa manter os mesmos ao seu lado. E Valerie mesmo afirmou que eles não são uma família, mas um exército para ele.

E já que tocamos no nome da primeira Herege, vimos no episódio que ela finalmente resolveu contar a verdade para todos. Não seria muito mais fácil ter feito isso desde o começo? Todos se mostraram muito solidários com o sofrimento que a bruxa passou na época, então, não havia motivo para tanto segredo afinal, havia?

Talvez sim, se levarmos em consideração que Mary-chata-Louise resolveu ficar ao lado de Julian e ajudou, de certa forma, a arruinar o plano de acabar com a vida do vampiro. Nessa, ela também pode ter arruinado o seu namoro/noivado, já que as pombinhas resolveram ficar de lados opostos nessa grande briga de família.

Enzo, mesmo sabendo ter pouquíssimas chances de ser correspondido pela Mamãe Salvatore, foi lá e disse que não conseguia tirar a mulher da cabeça. E conseguiu ganhar um beijo, já que Lily finalmente caiu em si e decidiu por um fim em seu relacionamento com Julian de uma vez por todas. Ponto para o personagem sem propósito na série mais lindo (Sim, até o Enzo é mais legal que você, Matt!)

Mas nem tudo foi sorte para Lorenzo. Matt voltou de sua viagem e trouxe muitos reforços. Uma atitude bem pensada, já que a prioridade do rapaz é proteger os humanos de Mystic Falls. Nessa Enzo sendo sequestrado por esse novo grupo que, aparentemente, já estava atrás dele. Mas quem são essas pessoas? E o que Enzo pode ter feito para elas?

Ainda falando sobre Matt, encerramos por enquanto o caso dos humanos hipnotizados. Aparentemente, Julian queria usar essas pessoas para fazer com que Lily perdesse o controle na festa e só. Um desfecho ruim para uma plot que podia ter rendido mais.

Outro assunto que ainda não teve um desfecho — pelo menos não o esperado — foi a gravidez de Caroline. Stefan, até o momento não sabia da notícia, e quando soube não recebeu muito bem a notícia. Uma atitude meio tosca, se pensarmos bem. Mas na verdade, se formos analisar a personagem, essa reação não foi tão inesperada.

O lado bom disso é que tivemos um momento mãe e filho entre Lily e o seu caçula, e ela o aconselhou a ficar do lado da loira (mesmo ele já sabendo que essa é a decisão correta). Infelizmente, não podemos dizer que esse laço maternal está sendo criado da mesma forma com Damon, que se mostra bem mais rancoroso com a mulher que o abandonou, armou o plano para botar Elena naquele coma mágico e o expulsou de Mystic Falls. Se dependesse dele, Lily estaria morta.

E foi exatamente o que aconteceu, após Julian ter sequestrado Damon e Valerie e ter forçado Lily à escolher poupar a vida de somente um dos dois. Nessa, a vampira achando que ainda estava ligada à Julian, resolveu se sacrificar com a intenção de acabar com tudo aquilo de uma vez. Só que o feitiço de ligação já havia sido desfeito por Beau, Nora e Mary Louise há algum tempo, ou seja, só Lily acabou morrendo.

Com isso, a trama fica um pouco mais tensa e perdemos uma personagem importantíssima para o desenvolvimento da mesma.

Até chegamos a pensar que a Caçadora talvez fosse Lily mesmo — o flashfoward nos ajudou a manter essa impressão — mas no fim era Damon que estava delirando e como sempre arrependido.

Não sabemos muito bem o que esperar da história a partir de agora. Com Lily morta a história pode tomar rumos diferentes. Julian continua vivo e boa coisa não pode sair daí.

Dê a sua nota para Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me logo abaixo e confira a promo do próximo episódio.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!