TVD 7×14 — Moonlight on the Bayou

Em Moonlight on the Bayou, vemos Stefan encontrar abrigo e um velho amigo em Nova Orleans.

Não é um crime amar aquilo que não se entende.” — MIKAELSON, Klaus

Essa temporada de The Vampire Diaries já deu tantas voltas que em Moonlight in the Bayou fomos parar em Nova Orleans para acompanhar uma fuga não muito bem sucedida de Stefan, e o seu reencontro com um velho amigo/inimigo, Klaus.

Bom, esse foi apenas um dos acontecimentos desse episódio crossover, então, senta direitinho na cadeira aí, que a história é longa.

É claro que com a chegada definitiva de Rayna as coisas na trama iam dar uma movimentada — vampiros fugindo, a busca por novos aliados e problemas, problemas… — e nessa sobrou até para Caroline, que agora é mamãe, mas não é.

Ric, resolveu tomar a decisão certa pelo menos uma vez nessa temporada e decidiu ir embora com as pequenas Jo e Lizzie.

Conhecendo Caroline, como conhecemos, não foi nenhuma surpresa vermos seu apego às crianças e a necessidade de estar por perto e cuidar de suas filhas. Mesmo que para isso ela tenha que deixar sua vida com Stefan, amigos e Mystic Falls para trás. Sabemos que ela não fez isso por enquanto, mas não podemos esquecer que no futuro ela fica noiva de Ric e assume o papel definitivo de mãe na vida das meninas.

Mas como tudo parece muito diferente nesse futuro — e não esquecendo que esse é um ano bem diferente em TVD — não é de se estranhar que as coisas não sejam exatamente como parecem.

Podemos tomar como exemplo, Bonnie, que mais uma vez tentando salvar seus amigos se meteu em problemas, que geraram mais problemas e resultaram na bruxinha inconsciente, incapaz de se curar com sangue de vampiro.

Já é a segunda vez que a moça sofre um ferimento grave na cabeça, só nessa temporada. Se continuar assim Elena pode acordar de seu sono mágico mais rápido do que imaginamos — a gente sabe que não, mas né…

O que fica difícil de entender também é como esse relacionamento que ela tem com Enzo acaba em romance. Ok, fica claro no roteiro esse clima que surge entre os dois, cada vez que eles se encontram. Mas alô, é o Enzo. Não dá para ser totalmente contra, mas ser parcialmente a favor é um pouco estranho. E para ajudar o cara aprisiona Damon com Tyler numa cela, em noite de lua cheia.

Bon Bon fez o certo arrancando a mão de Enzo para salvar Damon. Será que isso vai fazer com que Enzo se apaixone por ela?

Ainda falando sobre Lorenzo. O cara mais sem rumo da série — há um revezamento entre ele e Matt — encontrou sua família. Que ele continuava procurando, só não foi mencionado, certo? A organização misteriosa, cheia de armas e gente misteriosa, que sequestrou Enzo, numa armadilha com ajuda de Matt… e etc, se chama na verdade Arsenal, e eles estão mesmo cheio de armas poderosas em seu arsenal. Mas isso não é tudo: a organização foi fundada pelo pai de Enzo. E Alexandria St. John é a atual líder da organização e parente do vampiro.

O que isso agrega à história não sabemos. Mas coisa boa não pode ser, já que eles realizam experimentos em vampiros, sequestraram Mary Louise e Nora, tem muitos brinquedinhos mágicos e queriam a todo custo saber da localização de Stefan. Afinal eles estão atrás do que, ou de quem? Da Pedra Phoenix? Rayna? Stefan? Dos três? Não temos certeza ainda.

Valerie, a última dos moicanos (Hereges), ainda se mostra apaixonada por Stefan e o ajudou a encontrar um local seguro para seu eterno primeiro amor: um bar em Nova Orleans. O mesmo bar que vem sendo bastante utilizado na atual temporada de The Originals, por ser imune a magia — e muito bem frequentado por vampiros. E quem mais estava lá? Klaus Mikaelson.

E é sempre bom ver o híbrido de volta à TVD. Não foi surpresa quando ele expulsou Stefan da cidade, afinal, ninguém quer uma caçadora de vampiros imortal como turista numa cidade cheia de vampiros.

Mas também não foi surpresa que ele tenha aparecido para salvar a noite quando as coisas ficaram realmente feias. O que uma conversa com Caroline pelo telefone não consegue fazer, hein? Será que nunca veremos esses dois juntos de verdade — pode ser numa realidade paralela, a gente aceita.

Bom, vimos que muito foi feito, mas nada foi resolvido. Mãos foram decepadas, amigos estão inconsciente, raptados e foragidos. Bebês bruxos podem ajudar a formar os casais mais improváveis e transformar vampiras e mães super protetoras. E Rayna Cruz continua à solta — dirigindo como uma maluca pelas estradas.

Como será que Klaus vai ajudar Stefan? Como Damon pretende fazer com que coisas ruins parem de acontecer com quem ele ama quando ele está por perto? Alguém mais lembra dele naquele caixão, no flashfoward do primeiro episódio? Porque Klaus está desaparecido no futuro? São muitas perguntas, precisamos de mais respostas.

Confira o vídeo com a promo do próximo episódio e diga o que achou de Moonlight on the Bayou nos comentários.

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER