Tyrant 3×05 — Rock and a hard place

Rock and a hard place mostra como é desafiador arrumar a casa.

Você quer saber o que pode fazer por mim, Barry? Pode me deixar ir” — AL-FAYEED, Molly.

Como continuar depois de que tudo o que lhe dava suporte é tirado bruscamente? Como continuar se você perder algumas das coisas que o sustentavam? Como continuar quando não há mais esperança e tudo aquilo em que você acredita é questionado? Esses são os dilemas de Molly.

Desde que Emma foi friamente assassinada diante dos olhos de todos do governo de Bassam, Molly desejou vingança. Em um de seus rompantes, acabou ordenando um ataque que dizimou a vida de muitas mulheres e crianças. Isso a desestabilizou ainda mais.

Compreensível ver que ela atentaria contra a própria vida. Como se organizar emocionalmente depois de tudo isso? A maneira como os roteiristas conduziram a personagem é bastante humana. Ao invés de deixá- la agonizando por mais alguns episódios, encaminhá-la para uma clínica psicológica é uma ótima saída, ainda mais agora que ela ficou um pouco sem função dentro da série.

Laila está em sua luta para conseguir governar Abuddin. No entanto, contra ela depõem os anos em que foi primeira dama ao lado de Jamal e pouco fez pelo país. Ainda que ela justifique sua posição como mulher, isso chega a ser um empecilho para suas intenções. Ainda mais agora que Daliyah exige que a ex-primeira dama deponha diante da nação. Laila precia de humildade para conseguir seus intentos, mas essa qualidade está longe de chegar a ela.

A sorte de Laila é que Fauzi, por mais que esteja liderando as pesquisas, é muito pacífico e ainda não compreendeu o jogo político. O jornalista acredita na justiça e na honestidade como os melhores caminhos para chegar ao poder.

Enquanto isso, Sammy continua seu envolvimento com o professor Al-Amin. Por mais que o casal seja lindo e os diálogos entre os dois continuam emocionantes, há muito perigos envolvidos na relação dos dois. Halima acaba descobrindo e o alerta contra isso. Ainda mais porque os habitantes de Abuddin não aprovam Bassam. Será um prato cheio descobrirem que o filho do americano é gay e se envolve com um homem casado. Lembrando que homossexualidade é considerada crime em Abuddin.

E por último, tivemos Bassam consumando sua atração física por Daliyah. Honestamente, Bassam não demonstrou muita consideração por quem quer seja. Seguiu apenas instintos e ignorou todo o sofrimento de sua mulher. Foi bastante egoísta de sua parte, ainda mais na atual situação de Abuddin. Alguém duvida que isso será usado contra ele?

Fiquem com cenas do próximo capítulo.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

A Fazenda voltou e o que esperamos? Memes! Mas será que os novos memes superam estes??? Clique e assista agora.

Será que você sobreviveria em American Horror Story 1984? Assista ao vídeo e prepare-se para a nova temporada.

Curiosidades de Euphoria, a série BAFOOOO da HBO.

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER