Um verdadeiro conto de terror em Homem-Aranha: A Última Caçada de Kraven

Clima sombrio e conflitos existenciais dão status de obra-prima à Última Caçada de Kraven.

Quem imagina um conto sombrio e temática ultra-adulta em uma história do Homem-Aranha? Pois foi justamente essa trama que o escritor J.M. DeMatteis criou em A Última Caçada de Kraven, um verdadeiro thriller de suspense nos quadrinhos da Marvel.

A História

O ano é 1989, pouco depois da publicação de Cavaleiro das Trevas e Watchmen. O Justiceiro também é um dos anti-heróis de maior sucesso na Marvel. Eis que surge a oportunidade da Casa das Ideias também criar uma história de super-herói com um tema sombrio. De forma surpreendente, o escolhido foi seu carro-chefe, o Homem-Aranha.

Kraven5

A ideia original do escritor J. M. DeMatteis era criar uma história para o Batman, mas acabou mudando para o Escalador de Paredes, criando um conto assustador e claustrofóbico totalmente incomum na trajetória do herói até então. Quem conhece o autor pelo seu trabalho super bem-humorado com Keith Giffen na Liga da Justiça Internacional vai se surpreender com o quanto ele conseguiu mostrar do tormento que existe dentro da psique de Peter Parker, bem como o que pode acontecer quando um vilão tido como patético não tem mais nada a perder.

Kraven4

Publicada ao longo de dois meses nas revistas mensais do Aranha (Web of Spiderman 31 & 32, Amazing Spiderman 293 & 294 e Peter Parker: Spectacular Spiderman 131 & 132), a história começa com Kraven chegando à conclusão de que já caçou e matou todo o tipo de animal conhecido pelo homem, mas a única presa que escapou de suas mãos foi o Homem-Aranha. E, para provar que é o caçador supremo, ele irá tomar as vestes e se tornar o herói — após atirar e enterrar o original!

A Arte

Kraven

O traço de Mike Zeck deu um enorme salto em qualidade a partir de Guerras Secretas. Aqui, as cores e o traço que o artista emprega dão uma qualidade fantasmagórica para a história, e é impossível não sentir o mesmo arrepio que deve percorrer a espinha de Peter Parker. Momentos marcantes da arte: a primeira aparição de Kraven, banhado em sangue, e também o delírio do vilão, sendo recoberto por aranhas. Outro ponto importante que faz a arte se sobressair: mesmo com a máscara recobrindo todo o rosto do Aranha, você consegue sentir as emoções que percorrem o personagem a todo o momento. Genial!

A Edição

Essa também foi a primeira vez que vimos esse material ser publicado em capa dura aqui no Brasil — embora a Panini tenha percebido o sucesso da Salvat e lançado uma edição de luxo apenas alguns meses depois. Como extras neste volume da coleção, temos a biografia dos autores, uma galeria com a evolução de Kraven ao longo dos anos, um pôster do vilão desenhado por Steve Ditko (criador do Aranha junto com Stan Lee), além de uma árvores genealógica de Kraven, com seus muitos, muitos filhos. (A Marvel sempre tentou recriar o impacto do Caçador na vida do herói aracnídeo, nem sempre com sucesso).

Kraven6

[taq_review]

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Personagem afeminado de Cavaleiros do Zodíaco será mulher em remake da Netflix.

Confira o que achamos da versão ilustrada de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em português.

Wanessa tá de clipe novo. E o clipe define o que "é ruim mas é bom".

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!