Verdades Secretas: biscoito fino para as massas

verdades1

Foi ao ar ontem (25), na Globo, o final de Verdades Secretas — novela de Walcyr Carrasco com direção de Mauro Mendonça Filho. Sucesso absoluto no horário, o folhetim ultrapassou a barreira das classes e idades e deslanchou sem maiores dificuldades no gosto popular, apesar do momento delicado que o horário nobre da emissora carioca vem enfrentando recentemente.

Como não poderia ser diferente, o Box de Séries conferiu a novela do primeiro ao último capítulo e traz na coluna O Melhor e o Pior os grandes momentos da trajetória de Angel (e de tantos personagens marcantes) e alguns momentos não tão grandes assim. Se liga:

verdades2

Grandes atuações

Walcyr não criou uma grande heroína para Verdades Secretas, mas sim personagens femininas interessantes e que foram defendidas com raça por atrizes afiadas, entre novatas e veteranas. Camila Queiroz (Angel) e Agatha Moreira (Giovanna) tinham química de sobra, Marieta Severo (Fanny) no primeiro capítulo já nos fez esquecer a Dona Nenê que assistimos por mais de uma década.

Drica Morais (Carolina) voltou regenerada numa personagem que lhe exigiu todos os recursos possíveis. Grazi Massafera (Larissa) foi o destaque da novela e firmou seu nome na primeira classe de estrelas da TV. Num papel menor, Guilhermina Guinle (Pia) não deixou a bola cair uma única vez. João Vitor Silva (Bruno) foi o destaque entre os homens da trama.

Direção & Fotografia

Bonita, bem iluminada, bem cortada e editada, com sofisticação a perder de vista… Verdades Secretas deu uma pequena aula de cinema em muitas oportunidades quando o assunto foi direção e fotografia, com uma delicadeza de cinema europeu, navegando por diversos estilos consagrados. Coisa de quem manja do assunto. Discordo de quem acha que foi ousado demais para TV. Obra nenhuma pode subestimar o talento, inteligência ou percepção do telespectador. Só se fala mal do velho depois que se experimenta o novo…

Balance até as cachoeiras.

Do início ao fim, o ritmo de qualidade da produção se manteve frenético. Na verdade, foi uma experiência visual inédita na TV. A cena da primeira vez de Angel (no GIF acima) foi linda! Sempre coroada com uma trilha sonora espetacular (nessa cena em particular, “Sentimental”, do Los Hermanos), as tensões de cenas pesadas ganharam leveza com a direção gloriosa de Mendonça — e junto disso, a fotografia arrojada, adequada e muitas vezes até lúdica. Foi um trio perfeito.

Temática Jovem

Uma pesquisa recente revelou que os homens preferem as mulheres de 20 a 23 anos pelo resto da vida. Sabemos que às vezes a média de idade cai ainda mais. Muita gente ficou chocada com a relação quase doentia de Alex, um quarentão, com Angel, de 16 anos. Todo o cenário de prostituição do mundo da moda foi um pano de fundo eloquente para refletir o quanto abrimos mão por um sonho, vontade ou desejo — especialmente na adolescência, quando falta juízo pra reconhecer o que vale a pena.

E olha que Angel, por exemplo, abriu mão de muita coisa. Até mesmo da lealdade com sua mãe, pra começar. Sem maior burburinho, a trama se desenrolou, não recuou e falou de muita coisa séria que acontece com o filho de muita gente com a coragem que outros autores não teriam: dilemas, festas, bebidas, drogas, sexo, prostituição, pedofilia e crimes. Toda a cartilha de instruções ao adolescente que falta em Malhação, foi compensada pela Globo em Verdades Secretas. Golaço.

verdades3

Por que tão explícita?

Quem acompanha Walcyr Carrasco sabe que na sua lista repleta de qualidades, a sutileza não tem espaço. Com o mesmo texto duro e sobrecarregado de outras obras, o autor perdeu boas oportunidades de deixar o telespectador pensar só, tirar conclusões próprias e preencheu a novela de momentos desnecessários — puramente chocantes, sem maior importância para o desenrolar da história. Tem que deixar um espacinho para a imaginação, para as entrelinhas, para a subjetividade. Jogar a granada e sair correndo.

Pegar de jeito não é a mesma coisa que chegar na agressividade.

Impossível esquecer a cena em que uma corretora se ofereceu sexualmente para Anthony, num diálogo canalha e sem propósito. Não acrescentou em nada. No final, quando Rogério (Tarcísio Filho) conta que vai levar a filha Angel por causa do dinheiro que ela herdou, a situação se repetiu. Foi o biscoito fino quebrado no pacote. Walcyr sabe fazer novelão, tem um estilo pessoal, autêntico e por isso merece respeito — mas uma página a menos aqui ou ali não faz mal.

Barriga

Por incrível que pareça, mesmo com apenas 64 capítulos, Verdades Secretas não conseguiu manter o tanquinho definido durante toda a sua exibição. A história chegou a perder fôlego em vários momentos, mas conseguia se desfazer da enrolação rápido, o que é um mérito.

Do meio para o final, algumas situações começaram a se repetir, especialmente no trio central Angel/Alex/Carolina, jogando a novela nas costas dos personagens secundários — isso quando eles se garantiam na tarefa. E a novela pagou um preço caro por isso: o final, corrido, mal deu espaço para personagens que mereciam mais minutos no desfecho do folhetim: Larissa, que teve 10% do tempo de tela que merecia. Idem para Anthony (Reynaldo Gianecchini), Giovanna, Pia e Visky (Rainer Cadete).

Sexo vende

O horário das 23h ofereceu em suas produções anteriores, todas remakes, a possibilidade de maior experimentação quando o assunto é nudez e sexo. E isso é muito válido, especialmente na nossa televisão. Em Verdades Secretas, a coisa meio que abusou, abandonando a pureza de se ilustrar com realismo uma boa história.

Imagino que dada a repercussão da primeira vez em que Alex apareceu nu, de costas, a coisa mudou de proporção e virou uma correria para arranjar novas cenas em que esse tipo de falatório pudesse se repetir — e conseguiram muitas e muitas vezes, com um leque beeeeem variado de atores, para todos os gostos.

Às vezes só de cuequinha tá bom.

O problema em nada tem a ver com puritanismo, moralismo ou caretice. Às vezes, isso chama mais atenção do que outros aspectos que mereciam mais destaques e manchetes em relação ao desempenhos do atores, os bons momentos do roteiro ou outros deleites. Foi o que aconteceu com Felizes para sempre?: a primeira associação com o nome da série é o bumbum da Paolla Oliveira. Queremos mais gente bonita nua na TV? Queremos sim. Até se tornar normal, comum e passar batido, sem tanto auê pelo que deveria ser tão pouco.

verdades4

No geral, Verdades Secretas tem muito mais motivo para se orgulhar do que para se envergonhar. Foi um pontapé inicial bem dado para as novelas originais do horário das 23h, com sucesso de audiência no Ibope e nas redes sociais, trazendo um frescor empolgante para a teledramaturgia da Globo — e ainda nos presenteou com o final épico, digno de prêmios. Do início ao fim, instigando o espectador a sempre subir um degrau a mais para desfrutar melhor da trama, mereceu cada elogio que recebeu.

Obrigado pela visita, viu? É uma honra saber que você passou por aqui. Um abração e até o próximo encontro.

OBS: A quem interessar possa, não precisa morrer de saudades: a parceria de Walcyr Carrasco com Camila Queiroz se repetirá em Candinho, nova novela do autor já na fila da faixa das 18h.

OBS²: Pelos GIFs da novela no post, agradecimento às comunidades Pan e Emoticons & Gifs Zone, do Pandlr.

Sobre o Autor

Avatar

BOXPOP

Site especializado em cultura pop, fundado em agosto de 2007. Confira nossos podcasts, vídeos no youtube e posts em redes sociais. Interessados em contribuir como autor no site podem entrar em contato: contato@boxpop.com.br

Deixe um comentário

clique para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

OUÇA O BOXCAST

VIDEOCAST

Lidio Mateus, o brazilian singer da internet, comenta todos os bafos e segredos de sua carreira.

Tem série nova na HBO e os bastidores dela foram recheados de TRETAS. A gente conta todas neste vídeo.

Esse é o filme que vai ganhar o Oscar de filme estrangeiro. Neste vídeo comentamos Parasite. Assista!

SEJA UM PADRINHO!

Contribua!

OUÇA ACABEI DE LER